.
Aqui… com doçura, com paixão e alegria, vida, sorrisos, sucesso e amor; Sabedoria, esperança, caridade e diferenças; Saudades, liberdade, dúvidas e certezas; Entre amigos ou família, quem sabe outras crenças, dias de sol ou de chuva, sem frescuras… dividimos…"segredos".


○○○○○

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

O que realmente importa...



É o amor que desarma a amargura.
É a fé que cura o excesso de medo.
É a paciência que sossega os corações aflitos.
É o sorriso que continua sendo antídoto pro mau humor.
É a lagrima que lava a alma.
É o tempo que coloca tudo no lugar...
É no agir que a gente se transforma....
É no viver que a gente aprende o que realmente tem importância....


Gisele Mulek



quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Saudades....


Esta vida passa rápido, muito rápido, por isso viva mais, destine seu tempo as coisas boas e deixe de lado o que não vale a pena, não brigue com as pessoas, não critique tanto seu corpo, não reclame tanto, não perca o sono pelas contas, não deixe de beijar seus amores, não preocupe-se tanto em deixar a casa impecável, não se distancie de seus filhos, deixe os bichinhos de estimação mais por perto, não fique guardando as taças, use os talheres novos, não economize tanto seu perfume predileto, use-o para passear com você mesmo, gaste seu tênis predileto, repita suas roupas prediletas, e daí? Se não é errado, por que não ser agora? Por que não orar agora ao invés de esperar para orar antes de dormir? Por que não ligar agora? Por que não perdoar agora? Espera-se muito. O outro dia, outro mês, próximo ano, quando tiver dinheiro, quando o amor chegar, quando for perfeito… Olha, te digo não sera perfeito, o ser humano não consegue atingir perfeição, porque ele simplesmente não foi feito para se completar aqui… Então, aproveite este ensaio da vida e viva o agora, ame hoje, declare-se hoje, ocupe seu tempo com o que te faz feliz, e viva!!!!! Muito bom dia...

Três meses já se passaram, saudades pai!!!


Gisele Mulek


terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Pergunte-se...


"Dos relacionamentos que você já teve, quais foram as ocasiões em que verdadeiramente você foi modificado para melhor? Será que você é a lembrança doída na vida de alguém? Será que você já construiu cativeiros? Ou será que já viveu em algum? Será que já idealizou demais as situações, as pessoas e por isso perdeu a oportunidade de encontrar situações e as pessoas certas? Sejam quais forem as respostas, não tenha medo delas. Perguntar-se é uma maneira interessante de se descobrir como pessoa, pois as perguntas são pontes que nos favorecem travessias." 


Pe Fábio de Melo




****

sábado, 7 de janeiro de 2017

Decidi entregar minhas filhas pro pai criar!



DECIDI ENTREGAR MINHAS FILHAS PRO PAI CRIAR!

Decidi que tenho muito o que fazer e minhas filhas estão ocupando muito do meu tempo e estão atrapalhando minha rotina, o pai que cuide, vou vê-las de 15 em 15 dias, passarão o fim de semana comigo, mas claro só os fins de semana que eu não tiver o que fazer, se eu tiver um compromisso eu vou avisar ao pai delas que estou "sem tempo" e que tenho coisas mais importantes para fazer! Levarei elas pra comer um hambúrguer ou ainda no churrasco com os amigos da firma pra mostrar o quão boa mãe eu sou. Postarei uma foto com elas na rede social e assim mostrarei a todos o quanto eu as amo! E talvez eu mande algumas mensagens pelo watsap durante a semana pra falar que estou com saudades. Darei também uns 150 reais por mês (claro, se me sobrar, e/ou se eu quiser), tenho certeza que será suficiente para sustentar os caprichos e necessidades delas... o resto o pai que se vire, não sou obrigada a ficar dando dinheiro pro pai, vai saber se ele vai gastar mesmo com minhas filhas né? Ou vai ficar usando para seu próprio prazer!!!!!



Te pareceu chocante?
Absurdo? Uma atitude escrota?
Agora inverta os papéis:
É uma história comum.... homens (pseudos pais), fazem isso toda vida... mas só choca quando a mulher é a protagonista!


Fazer um filho é pra qualquer um, ser pai é para bem poucos!



Gisele Mulek


sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

Encontrou-se



Para ela já não importava os caminhos de volta.
Para ela já não preocupava os caminhos de ida.
Abandonou mapas, crenças e medos.
E sem sair do lugar... encontrou-se.


Gisele Mulek


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...