.
Aqui… com doçura, com paixão e alegria, vida, sorrisos, sucesso e amor; Sabedoria, esperança, caridade e diferenças; Saudades, liberdade, dúvidas e certezas; Entre amigos ou família, quem sabe outras crenças, dias de sol ou de chuva, sem frescuras… dividimos…"segredos".


○○○○○

segunda-feira, 30 de maio de 2016

Engaiolada...



É triste porque eu sei que já fui melhor. Porque eu olho pra mim e não me reconheço mais, a ingenuidade outrora tão evidente hoje eu nem sei onde deixei. É triste porque eu me tornei amarga quando se trata de relacionamentos, porque tantas inverdades me fizeram agora duvidar das verdades. É triste porque eu sempre implodi ao invés de explodir e isso me deixou com cicatrizes profundas; já não doem mais, mas me fazem lembrar de quem elas me tornaram.... Hoje eu quase chorei porque depois da tempestade, ficou uma menina mais fria. A garota que saltava de paraquedas no desconhecido, hoje escreve a mensagem, apaga, escreve de novo, apaga e desiste. É triste porque eu sempre quis não ser assim, e agora eu sou... E há certa paz na frieza. Paz que eu preferia não descobrir. Por isso eu fujo quando a paixão quer me encontrar, porque eu não quero mais que alguém veja meu lado doce, meu lado de menina sonhadora que acredita no amor. Porque dói e é sem sentido. Porque por mais que eu queira arriscar, as lembranças das últimas quedas me fazem lembrar que meus pés não devem mais sair do chão. Com o tempo a gente acostuma. E mesmo tendo nascido pra voar, aqui de dentro da gaiola a gente arranja motivo pra cantar.”


*****



Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...