.
Aqui… com doçura, com paixão e alegria, vida, sorrisos, sucesso e amor; Sabedoria, esperança, caridade e diferenças; Saudades, liberdade, dúvidas e certezas; Entre amigos ou família, quem sabe outras crenças, dias de sol ou de chuva, sem frescuras… dividimos…"segredos".


○○○○○

terça-feira, 29 de dezembro de 2015

Viver...


Bonito mesmo é um abraço sincero, um sorriso de verdade, um aceno gentil e um delicioso carinho. Bonito mesmo é andar de mãos dadas, é amar o outro sem querer algo em troca, é ser feliz sem se importar com o que as pessoas pensem ou digam. É gargalhar junto com os amigos até a barriga doer, é ficar junto em todos os momentos. Bonito mesmo é desejar um “Bom dia” a alguém, é falar com o olhar, é demonstrar afeto. O bonito mesmo são as simplicidade das coisas, os detalhes da vida. Bonito mesmo é amar, é sorrir, é sonhar... é viver!


Gi Mulek

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Seja mais coração....


Pare de ficar querendo ser mais racional, mais fria. A gente tem mais é que se orgulhar de ter coração, de ser coração. Quando eu digo "ter coração", falo sobre saber sentir a dor do outro, de saber se doar por inteiro, de confiar, de respeitar, de ser verdadeiro mesmo sabendo os danos que as mentiras alheias podem causar.... Entenda, isso não é ser "trouxa", isso não é motivo de vergonha! Isso é ser gente de verdade. Sem mascaras... sem maquiagem no coração!!!!


Gi Mulek

terça-feira, 1 de dezembro de 2015

Positividade!


Acredito que nossas maiores barreiras diárias são invisíveis.. pensamentos negativos, desanimo, vitimização, falta de coragem... E tudo isso está dentro de nós, dentro de nossa mente; posso até dizer que somos nossa própria doença! Mas, podemos também ser a cura!!! Pois somos nossa própria fonte de motivação!!! Portanto, não seja refém de si mesmo. Escolha viver, e ser feliz!!!

Gi Mulek

Dezembro outra vez!!!!


Dezembro outra vez!!!! Que traga sua magica, suas luzes, suas festas, que traga o verão o sol (especialmente em Curitiba hehehe)... Que chegue com força, trazendo esperança, fé, paz, amor aos corações, que encerre mais um ano, levando tudo de ruim, e deixando somente a leveza de vida refletida na saudade de tudo que foi bom, que foi luz, que nos fez feliz!!!!‪


Gi Mulek


segunda-feira, 23 de novembro de 2015

Já viveu hoje???



"....

Em algumas tribos xamânicas, se você chegar ao curandeiro se queixando de desânimo, de depressão, ele irá lhe fazer seis perguntas:

- Quando você parou de dançar?
- Quando você parou de cantar?
- Quando você parou de acreditar?
- Quando você parou de se encantar com as histórias?
- Quando você parou para silenciar?
- Quando você parou de amar?
..."

E você??? Já viveu hoje????


Uma boa semana!

Gi Mulek


terça-feira, 27 de outubro de 2015

Ai de mim....


Ai de mim se não fossem os meus sonhos, a minha vontade de viver, vencer e crescer. Ai de mim se não fosse a esperança que carrego no peito, a ousadia de crer no impossível e a fé em dar o primeiro passo. Ai de mim se não acreditasse na paz, mesmo longínqua, utópica, mas tão palpável para quem vê o mundo com os olhos do amor. Ai de mim se por um instante eu não acreditasse que os milagres acontecem, primeiramente dentro de nós, depois no mundo que nos rodeia... Afinal sou o próprio milagre do infinito amor de Deus, que me concede a imensa felicidade de viver, a força em persistir, e autonomia em seguir.... portanto ai de mim se eu não existir!!!!

Gi Mulek


quarta-feira, 21 de outubro de 2015

segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Resistência...


Nossa carne sempre terá bons argumentos para incitar ao erro hoje, mas com certeza, não terá nenhum fundamento para te consolar amanhã... Por isso, resista!


Uma abençoada semana!!


Gisele Mulek

quarta-feira, 7 de outubro de 2015

Tempo....


Quando eu era criança tinha pressa de crescer, queria brincar na rua, ir pra escola sozinha, dormir na casa das amiguinhas sem pedir pra mãe! Quando eu era adolescente queria minha independência, queria liberdade, almejava todo dia meus 18 anos, queria dirigir, ir para festas sem hora pra voltar pra casa, fazer faculdade e até sair do país. Depois eu quis ser adulto, ter um emprego, meu carro, minha casa, ter alguém pra chamar de meu, ter filhos.... Quis tudo e quis tanto que não vi o tempo passar. Agora, tudo que quero é que o tempo deixe de voar e ande devagarinho a passos curtos bem de mansinho, dia a dia, sem pressa de chegar!

Gisele Mulek


terça-feira, 6 de outubro de 2015

Cansei...


Ando cansada e sem paciência para algumas coisas, não porque me tornei arrogante ou indiferente, mas simplesmente porque cheguei a um ponto da minha vida em que não me apetece mais perder tempo com aquilo que me desagrada ou me fere. Já não tenho pachorra para cinismo, nem para críticas em excesso ou exigências de qualquer natureza. Perdi a vontade de agradar a quem sei que não agrado, de amar quem não me ama, de sorrir para quem quer retirar-me o sorriso. Já não dedico um minuto que seja a quem mente ou quer manipular. Decidi não conviver mais com o pretensiosismo, a hipocrisia, a desonestidade e os elogios baratos que enaltecem o ego mas fragilizam a alma. Já não compactuo mais com elitismo barato, nem suporto a vitimização por invejas inexistentes ou conflitos e comparações oriundas de mentes perfídias. Desagrada-me a falta de lealdade e a traição, e não lido nada bem com quem é moralista em demasia. Pois os exageros aborrecem-me. Acredito num mundo de opostos, de diferentes, e por isso decidi evitar as pessoas de carácter rígido e inflexível, prefiro aqueles que mudam de opinião do que aqueles que se mantem em um pedestal intocável com certezas absolutas, e absurdas. E acima de tudo já não dedico meu tempo a quem suga minha energia e inunda minha alma de tristezas, quero a paz de um domingo ensolarado, recheado de esperança de um mundo melhor, cheio de verdades e amor...!!!

Gi Mulek


segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Gratidão


Julgamos tanto a ingratidão dos outros, mas você já parou pra pensar o quanto ingrato você é?? Sim, eu e você, ingratos! Sabe aquela história, de que dias melhores viram, que o melhor está por vir.... seguimos assim, vivemos assim, todos os dias esperando e esperando por dias melhores, mas esquecemos de apreciar o melhor do dia que temos!!! 

Esquecemos de agradecer por tudo que já conquistamos, pelos momentos de felicidade que já tivemos, pelas decepções que nos fizeram crescer, pelas pessoas maravilhosas que passaram pelas nossas vidas, e por aquelas que continuam ao nosso lado mesmo com todos os aborrecimentos. 

Somos perversos, e fitamos nosso olhar nas maldades, nas tristezas, nas lamurias, maltratamos a nos mesmos por viver essa espera constante e angustiante e esquecemos que a vida se renova, como as estações, cada uma ao seu modo tem sua importância para que a vida siga seu fluxo! 

E além dessas coisas cotidianas, esquecemos do melhor presente que já recebemos, o dom da vida, através de Jesus Cristo, filho de Deus pai, que deu sua vida por nós, para que tivéssemos vida plena!! Sem seu sacrifício na cruz, não seriamos nada, não teríamos nada! 

Por isso agradeça mais, reclame mesmo, seja mais positivo, mantenha o foco nas coisas boas e simples da vida, não se amarre em choros ou em reclamações, se desprenda do peso da amargura e da aflição, e viva o hoje intensamente, com mais gratidão e muito amor no coração!!!

Um linda e abençoada semana para você!


Gi Mulek




terça-feira, 22 de setembro de 2015

Humildade....


Parabéns pra você que não precisa beber pra ser alegre, que não usa maquiagem como se fosse uma máscara, e que não extrapola de arrogância usando como pretexto o amor próprio. Que é feliz sóbrio, e não precisa disputar em selfie que é mais do que os outros. Que vive a realidade assim como mostra, que bebe pra brindar a vida, e se ama sim, mas não pisa e nem se acha melhor do que ninguém. Viva com mais humildade de cara limpa, de mente sã e gestos que encantam!!! 

Bom dia!!!


Gi Mulek



terça-feira, 15 de setembro de 2015

Descobrindo....


E eu fui descobrindo, com o passar dos tempos, que existem dois tipos de paixão: tem a paixão que chega avassaladora, mas dura pouco, e se desfaz num piscar de olhos; mas tem a paixão que é feita para durar até o momento em que a gente pisca pela última vez..... O nome desse segundo tipo de paixão é amor!!

Gi Mulek




terça-feira, 25 de agosto de 2015

Pensando alto....


...E nós achamos o amor bem aqui, onde estamos ♪♫♪♫



Dança Comigo?


quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Plantou e não floresceu?



Plantou amor e não floresceu?
É porque a terra não era fértil!
Não desperdice mais sementes!
Plante em novos campos!"


Clarice Lispector


terça-feira, 11 de agosto de 2015

Pelas costas....


Quem te apunhala pelas costas já te conheceu de frente!!! Já participou de sua vida, já teve o prazer de conviver com você, de saber a sua força e suas fraquezas, de conhecer os seus sentimentos, de receber o seu respeito e o seu carinho. Quem te apunhala pelas costas não tem a coragem de olhar nos seus olhos, porque bem sabe quem você é, o que ele não sabe mesmo, é quem ele é! Pois somente pessoas sem caráter agem na surdina contra aqueles que um dia lhe estenderam a mão! Pessoas assim não encontram dignidade pra agir com decência, e se tornam ladrões de sentimentos bons e causadores de dilacerações profundas e quase sempre permanentes!!!


Gi Mulek

terça-feira, 14 de julho de 2015

Escavando....


"Dois irmãos decidiram cavar um buraco bem profundo atrás de sua casa. Enquanto estavam trabalhando, dois outros meninos pararam por perto para observar: -O que vocês estão fazendo? - perguntou um dos visitantes. -Nós estamos cavando um buraco para sair do outro lado da terra! - um dos irmãos respondeu entusiasmado. Os outros meninos começaram a rir, dizendo aos irmãos que cavar um buraco que atravessasse toda a terra era impossível. Após um longo silêncio, um dos escavadores pegou um frasco completamente cheio de pequenos insetos e pedras valiosas. Ele removeu a tampa e mostrou o maravilhoso conteúdo aos visitantes gozadores. Então ele disse confiante, -Mesmo que nós não cavemos por completo a terra, olha o que nós encontramos ao longo do caminho! Seu objetivo era por demais ambicioso, mas fez com que escavassem. E é para isso que servem os objetivos: fazer com que nos movamos em direção de nossas escolhas, ou seja começarmos a escavar!"


Assim é nossa vida, temos sonhos, objetivos, as vezes ambiciosos por demais. E no decorrer do percurso percebemos que nem todo objetivo será alcançado inteiramente. Nem todo trabalho terminará com sucesso. Nem todo relacionamento resistirá. Nem todo amor durará. Nem todo esforço será completo. Nem todo sonho será realizado.

Mas o importante, é que mesmo quando você não atingir o seu alvo, você poderá dizer: -Sim, não alcancei, mas vejam o que eu encontrei ao longo do caminho! Vejam as coisas maravilhosas que surgiram em minha vida porque eu tentei fazer algo! 

Pois é no trabalho de escavar que a vida é vivida. E, afinal, é a alegria da viagem que realmente importa!


Gisele Mulek



quarta-feira, 8 de julho de 2015

Continuo olhando você....


Eu continuo olhando você e te achando tão lindo quanto na primeira vez que te vi. Você continua me achando boba por não saber parar de te olhar. Você nem percebe que o que te torna tão maravilhoso é você não ter ideia do quão maravilhoso você é. Você me envolve em seus braços e me deixa segura. Você beija minha testa, me arranca toda tristeza. Deito no seu peito e por um momento esqueço da loucura lá de fora, do governo, do bandido, das contas, do trabalho. Pois com você todo tom de cinza ganha cor. Você me mostrou um amor tão bonito, que traz uma paz tão imensa. Você é tão raro, tão lindo, tão diferente. Ando pelas ruas da cidade pensando em você. Pensando em como seria vazio se você se fosse. Pensando em quanto eu quero que você fique pra sempre comigo. Eu que achava ser durona, me desarmei com seu sorriso. Logo eu que nunca fui de me entregar assim… Vi que pra você eu podia entregar o amor que eu guardei um dia. Olha que valeu a pena. Valeu muito a pena.!


Gi Mulek


terça-feira, 30 de junho de 2015

Coisas simples....


Vejo o mundo distorcendo ou complicando demais o amor. Um monte de gente dizendo: fique com alguém que faz isso, que faz aquilo, que te de isso, que não sei mais o que... Mas nada disso se faz necessário, pois o amor é feito de simplicidade, não precisa de estereótipos perfeitos, corpos esculturais, de bens ou poder... só necessita de um coração dedicado e com espaço pra florir. O resto, é ilusão! Então, acredite. Quando o amor, o amor completo e verdadeiro te tirar pra dançar, nada mais importa, a não ser ver seu par inteiramente feliz.... Pois a vida é feita de coisas simples!

Gi Mulek

quarta-feira, 24 de junho de 2015

Felicidade....


Felicidade é algo que não se encomenda. Não se encontra em lojas de conveniência, nem em hipermercados pois não se compra, não se comercializa. Felicidade é um estado de espírito. E para alcança-la é preciso arregaçar as mangas e enfrentar a vida. É preciso alimentar a alma de alegrias, e retirar do coração as tristezas. É preciso desbravar-se, salvar-se, amar-se. É preciso deixar que ela invada nossos poros, sobrepondo nossas lamúrias, penetrando nosso sorriso, nossos dias, nossos momentos mais simples. Felicidade só se alcança quando há esperança, há vontade, há fé, há liberdade de escolha... Quando há querer! Então queira, seja feliz, da sua maneira, seja feliz à toa... seja, por você! 


Gi Mulek



segunda-feira, 15 de junho de 2015

Ainda sobre os dia dos namorados...


Porque todo dia é dia...
Ainda mais quando é pra lembrar de quem faz a gente feliz 
♥♥♥





terça-feira, 2 de junho de 2015

Pessoas....


Já parou pra pensar como somos todos tão iguais? Você tem raiva de quem fala mal de você, mas já falou mal de alguém também. Você detesta que critiquem suas escolhas, mas não perde a chance de falar mal das escolhas dos outros. Você detesta ser ignorado, mas quantas vezes viu aquela mensagem e a ignorou. Você, por vezes, sorriu o dia todo, e quando chegou a noite, chorou até dormir... Agora pense, o que te leva a acreditar que os outros são diferentes? A gente nem se da conta de quantas lágrimas esses que atuam em nossas vidas já verteram. E sabe porque agimos assim? Porque dificilmente nos colocamos no lugar dos outros. Exigimos que sejam como a gente, mas dificilmente enxergamos as pessoas como elas são... E o que elas são? São como nós, pessoas... saturadas de suas imperfeições, esbanjadoras de suas qualidades... Mas no fundo, são só pessoas.. somos todos só pessoas, seres humanos... vivendo... sobrevivendo!!

Gi Mulek


sexta-feira, 29 de maio de 2015

Reciprocidade....


Existe algo na vida que se chama reciprocidade, ninguém pode ser feliz amando por dois, ou amando sozinho. Portanto, não fique onde não te cabe. Não diminua quem você é pra caber no mundo do outro. Não despedace seu coração pra ficar menor, pro sentimento parecer mais tímido. Ame com força, ame com tudo! Mas saiba seu lugar, saiba depositar seu inteiro e imenso amor em alguém que tenha um coração tão grande quando o seu!

Gi Mulek



terça-feira, 26 de maio de 2015

Trocados.....


... depois do abraço, ninguém notava, mas sempre voltávamos trocados: um levando o coração do outro...


*****



segunda-feira, 25 de maio de 2015

Recordações....


Só ouvir, constatar o que só o coração sabe... refém do sentimento... ♬♪♫

terça-feira, 19 de maio de 2015

Admiráveis....


Admiráveis são essas pessoas que nos conhecem bem, e ainda assim nos amam. Falo dessa gente que suporta nossas manias, nosso humor, nossa teimosia, e tudo mais que vem no pacote de ser quem somos! Essa gente que não tem seus nomes nas revistas, ou estampados em outdoors, mas que merecem todo reconhecimento do mundo por decidirem se fazer presente na vida dos outros. Pessoas estas que não ri dos nossos sonhos, por mais bobos que pareçam. Que jamais duvidam de nossa capacidade de seguir em frente, que sempre nos incentivam. Que choram as nossas lagrimas, e vibram com nosso riso. Essa gente encantadora, que tem sempre uma palavra amiga, uma conversa boa. Pessoas que também tem seus sonhos, que sentem dor, que não escondem seus sentimentos, que são humanas com todas as suas limitações, mas mesmo assim escolhem fazer a diferença na vida de alguém, pessoas que praticam a verdade mesmo em frente a esse mundo cheio de mentiras. Que tem uma atmosfera de tranquilidade, de paz, de alegria e que entendem que covarde é aquele incapaz de demonstrar amor. A estas pessoas, que chamamos de amigos, parceiros leais, meu carinho e dedicação.!


Gi Mulek



quarta-feira, 29 de abril de 2015

Desassossegos...


E o mundo vai girando mal humorado, tedioso, preocupado, amargo, alarmista, indisposto, desarmônico, desvalorizado, descompromissado, desassossegado, desumano, desconfiado, dessaboroso, desleal, desrespeitoso. Des, des, des... prefixo com sentido de oposição. Oposto a que? Ao que era antes? Ou ao que desejávamos que fosse e, só agora – que sofremos esse bombardeamento de informações e que a personalidade das pessoas pula nas nossas telas – percebemos que não é? Na verdade é.. Mas um 'é' que não deveria ser! É tanto Carnaval e pouca Quaresma. É tanta festa e pouca caridade. É tanta frases solta e pouca reflexão. É tanto corrupto posando de bom moço. É tanto incoerente se achando bem sensato. É tanta baixa autoestima escondida atrás da soberba. É tanto maluco eleito deputado. É tanto machista jurando cabeça aberta. É tanto apegado vivendo lá no seu passado. É tanto alarde devido a boatos infundados. É tanto mediano com doutorado. É tanta mentira, é tanta irresponsabilidade. É tanto desrespeito com direito a carteiraço. É tanto juiz sem ao menos ser advogado. É tanto ativista de teclado. É tanta fúria lotada de preconceito. É tanta inércia disfarçada de conformismo. É tanto tira que devia andar desarmado. É tanto suicida que acaba assassino. É tanto avião encontrando o chão. É tanta falta de fé. É tanta falta de amor. É tanta intolerância. É tanta impaciência. É tanta hipocrisia, tanta futilidade... É tanto de tão pouco que acabamos sem nada!!


Gi Mulek


Coisas de quem ama...



Só quem já viveu um grande amor sabe.... coisas de quem ama, não se apaga das lembranças!

♪♫♪♫♪♫

quinta-feira, 23 de abril de 2015

Ele vive em mim!



Há um pouco de Deus habitando em nós, mesmo que nem sempre saibamos reconhecer sua presença... Vejo Deus na simplicidade do existir. Em nosso silêncio transformado em oração, em nossa lágrima recolhida, em nosso sorriso que irradia felicidade e contagia. Quando abrimos o coração para as bênçãos do dia, quando ao anoitecer paramos por um segundo para exclusivamente agradecer. Quando aceitamos a vida com toda a sua grandeza e complexidade, com sua beleza refletida nas coisas mais simples; quando aceitamos quem somos, apesar das nossas falhas, das nossas imperfeições, nossas incompreensões, das nossas futilidades e devaneios, quando reconhecemos que a vida é um presente de Deus, mesmo que não merecedores, e que a sublimidade desse amor é o que nos faz viver! 

Por isso sei, Ele vive em mim! 



Gi Mulek


terça-feira, 14 de abril de 2015

Meu bem maior....


A gente vira mãe, vira anjo, vira pai, vira amiga, inimiga, se vira no dia, sobrevive depois de virar a noite. A gente vira fera, defende a cria, briga com eles, por eles, fica esperta, se torna clarividente. A gente fica doce, excede em cuidados, protege, acarinha, enche de mimos, ama numa medida desmedida. A gente perde a linha, perde o tempo, a noção do tempo, perde a raiva, perde a fome.. fica deslumbrada, fica imêmore. A gente muda, e como muda, a vida muda.. pois a gente vive para eles e por eles, mas sabe que vale a pena, cada segundo, cada etapa, cada momento... Pois nossos filhos são nossa herança, nosso bem maior...

Minhas filhas Mell e Rebeca, lindas e perfeitas! #AmorPraTodaVida


Gi Mulek

terça-feira, 7 de abril de 2015

Coisas Simples..!!



Imagem perfeita aqui da minha linda cidade de Curitiba...

O que se leva dessa vida é a vida que se leva...

Porque a vida é feita de coisas simples...

Tenha um bom dia!


Gi Mulek


segunda-feira, 6 de abril de 2015

Por mil anos....



Pra começar a semana, uma canção pro coração!!
"Eu tenho morrido todos os dias esperando por você. Querido, não tenha medo, eu tenho te amado por mil anos, e te amarei por mais mil"

♪♫♪♫



quinta-feira, 2 de abril de 2015

Também sou gente


Sei que nem sempre parece, mas eu também sou gente! Que chora, sorri, sofre, vibra com a vida. Dói quando me acertam e as vezes eu também desmorono. Pois o fato de eu esconder meus sentimentos melhor que muita gente, não me faz um alguém melhor que ninguém. De vez em quando também sou tomada pela insegurança mesmo quando o meu olhar se mantém firme, e vez ou outra quando estou acompanhada pela solidão e as luzes se apagam também procuro no que me agarrar. Mas ainda assim sinto orgulho! Sinto orgulho por escolher ser criança, simples, que precisa de abraço, de colo, um ser inocente que luta por crescimento, por superação, por conseguir acertos mesmo em meio aos erros. Sinto orgulho pela força do sorriso mesmo quando as lágrimas são contidas na alma. Sinto orgulho por ser um ser tentando ser justo mesmo em meio aos monstros diários a espreita só esperando uma oportunidade de traumatizar a gente. Sinto orgulho por manter a fé, a calma, e viver com a alma em meio a esse mundo tão cruel!

Gisele Mulek


quinta-feira, 26 de março de 2015

Silêncio...


Tem momentos que sou assim, toda silêncio, meus olhos não são faróis pois refletem meu coração calado e pensativo. Momentos estes que não preciso de companhia, a não ser da musica que toca ao fundo seguindo o ritmo da chuva caindo no quintal. Momentos perfeitos pro meu coração refletir em quais becos ando me metendo, ele é bobo e confia demais nas pessoas e depois não encontra saída para se recompor rss... Portanto vou deixá-lo descansar em paz, no silêncio do meu momento!


Gisele Mulek


quarta-feira, 18 de março de 2015

Quero um governo Honesto....


"Sabem por que eu sou Petista? Simples, porque é um partido composto por pessoas como eu e você que, conscientes da necessidade de participar da vida pública, decidem fazer política. Bem diferente dos partidos conservadores e pseudo-liberais elitistas tradicionais, onde a política é monopólio de meia dúzia de caciques ou coronéis que usam o poder público em prol de seus interesses particulares."


Tenho lido muita coisa estes dias escrita por pessoas não favoráveis as manifestações realizadas contra o governo, ridicularizando o povo que foi para a rua e apoiando a presidente e o PT. Respeito a opinião dessas pessoas. Mas depois de ler essa afirmação acima fiquei pensativa, e resolvi listar algumas questões pelas quais eu não apoio o governo atual:

1. Gente como eu? Você? Desculpe eu trabalho duro, pago meus impostos, não uso nenhum benefício do governo, não sou ladra, e nem compactuo com mentiras;

2. Consciente da necessidade em participar da vida pública? Só se for para assaltar os cofres públicos;

3. Contra os partidos conservadores, liberais? Desculpe, mas o maior cacique do país se chama “Lula” portanto me diga, eles lutaram contra, ou lutaram para fazer parte dessa meia dúzia?

4. Ainda mais, nosso governo é Aliado de Morales, Chavez, Castro e do sistema nazista do Irã, sabia disso? Por isso, a liberação de empréstimos altíssimos para seus aliados internacionais, enquanto o povo aqui, padece, sem escola, saúde, segurança, etc....

5. Esse PT é protagonista dos maiores escândalos de corrupção de nossa história recente. Dilma, fazia parte do conselho administrativo da Petrobras, e não sabia de nada sobre esquemas de fraudes? Que ótimo trabalho fazia!

6. Além da situação da Petrobras, a mais falada atualmente, você deve lembrar também do mensalão, do dinheiro na cueca, da operação sanguessuga, da operação navalha, fora as denúncias contra correios, ministério de minas e energia, e agora CEF;

7. Esse governo é cúmplice das invasões do MST, considerando-o um movimento social legítimo. Também aparelhou o estado brasileiro criando milhares de cargos de comissão ocupados por petistas;

8. Acirrou as divisões de raça e ainda incentiva a luta de classes, colocando pobres contra ricos. Um governo que se diz pelo povo e para o povo, não deve priorizar uma pessoa ou outra, deve ser igualitário, afinal não era essa sua premissa?

9. Mandou confiscar folhetos que acusavam o PT de ser pró-aborto, como se isso fosse mentira, ameaçando a liberdade de expressão daqueles que não concordam com eles; Aliás, aqueles que não concordam com eles tem um fim no mínimo duvidoso, pois até hoje não deram uma resposta satisfatória para a morte de Celso Daniel, ex-prefeito de Santo André e membro do PT que foi assassinado em 2002, sendo que 7 testemunhas do crime também foram assassinadas posteriormente;

10. Concedeu vultosas indenizações a ex-militantes da esquerda revolucionária da década de 60 e 70, mas nega essas indenizações às famílias das vítimas desses "militantes"; Ainda sobre este período, não há nenhuma informação ou registro sobre o que Dilma fez quando atuava na clandestinidade da luta armada, nenhum pedido de desculpas ou arrependimento, apenas silêncio;


Eu poderia ainda listar muito mais, se você tem dúvida do que eu digo, pesquise, um simples recurso como o Google pode lhe fornecer muitas comprovações dos desmandos desse governo. Mas pesquise logo, enquanto ainda temos liberdade para isso.

Ah você acha que é exagero meu? Só quero que reflita, um Governo totalitário não precisa nascer totalitário. Ele se torna totalitário porque suas ideias são totalitárias. Fidel Castro defendia a democracia, Chávez também. O Nazismo venceu as eleições na Alemanha sombreando suas ideias reais. Todos os regimes instalados nesses países se julgavam bons e defendendo os menos favorecidos. Mas por fim acabaram por protagonizar grandes falácias mundiais. Porque no seu percurso todos começaram a querer a perpetuação no Poder e passaram a perseguir seus opositores!

Você e a favor desse governo? Direito seu!

Mas eu não sou a favor desse governo ou de qualquer outro que seja usurpador do povo. A questão que é moral!

Por isso, utilizo do meu direito em protestar contra aquilo que não concordo, daquilo que está incorreto, e prejudica a maioria da população de nosso país.


"O que me preocupa não é o grito dos maus. É o silêncio dos bons."
     __Martin Luther King




Gisele Mulek


sábado, 7 de março de 2015

Ele me ama....


Eu olho pro céu e desisto de entender. Porque esse teu interesse no meu coração quebrado? Alias, como você pode ainda olhar pra mim? É tudo tão grande, a imensidão cabe em suas mãos, e eu, bom, eu nada sou. E pra ser sincera, eu já nem sei se sirvo pra algo. Eu me perdi. Tentei acertar, você sabe disso, não sabe? Você estava lá, mesmo quando eu não podia senti-lo. Mesmo quando ignorei os seus sinais me dizendo que não era aquele o caminho. Você me viu entrar num barco e partir pra longe de ti. Mas agora a sua onda veio, e lavou tudo o que estava maquiado. Era tudo ilusão. Tudo o que não vem de você é ilusão. E agora eu sou o que restou dessa tempestade toda. E você me abraça. E você ainda assim me aceita. E você me mostra que conhece também a dor de sofrer sozinho, como no getsemâni. Você me mostra que conhece a dor do que é ser traído. Então me aquece. A doçura do teu falar me limpa da poeira que trago das quedas. Eu fiz o meu melhor. Eu tentei ser forte, mas como ser forte longe de ti, se minha força só vem de ti? Mas não importa o que aconteça, hoje sei que você está comigo. Você sempre esteve, Deus. Mesmo quando eu não sentia, eu dei, você estava lá!


Gisele Mulek 


quinta-feira, 5 de março de 2015

E seu eu parasse?


E seu eu parasse? Se eu não fosse trabalhar? Se eu não abastecesse meu carro? Se não andasse de ônibus? Se não comprasse mais no hipermercado? Ou na panificadora? Ou no mercadinho ao lado de casa? Se não fosse mais a feira? Na farmácia? No shopping? Se não tivesse mais meus momentos de lazer? Cinema? Caminhar no parque? Se deixasse de ir ao meu restaurante favorito? Não levasse minhas filhas a escola? Se não pagasse minha luz? Água? Telefone? Impostos??? Se pegasse uma cadeira e sentasse a frente do palácio do governo e lá esperasse ele melhorar e corresponder a todas as minhas expectativas? Oque será que aconteceria??? 

E olha que eu nem estaria pedindo nada além do que a constituição do meu país me oferece como direito. Queria saúde, educação, segurança, um salário mínimo digno, direito a minha casa própria, queria uma justiça limpa e igualitária, queria um sistema penitenciário que realmente funcionasse, queria que todos recebessem um valor justo pelo trabalho que desenvolvem, queria que os políticos fossem honestos e agissem para o bem do povo e não por interesse próprio, e que aqueles que descumprissem as regras fossem punidos com o mesmo rigor que um ladrão de galinhas é... 

Será que eu seria ouvida? Atendida? Creio que não. Iriam me chamar de louca! Com certeza perderia meu emprego, minhas contas iriam só aumentar, o posto, o mercado, o shopping, etc. nem sentiriam a falta do meu dinheirinho, que ganho com tanto suor!! 

Por isso que infelizmente nunca alcançaremos nossos direitos porque somos limitados a cumprir nosso papel de boi no pasto! Ah aumentou a gasolina, gente continua abastecendo; não tem saúde no posto da prefeitura, gente paga plano de saúde particular; não tem escola pública com qualidade, gente coloca nossos filhos em escola particular; aumentou a criminalidade, gente coloca grades, cercas se aprisiona onde deveria haver liberdade; o salário do emprego atual está curto, gente vai lá e arruma outro no contra turno para ajudar a pagar o rombo das contas. Afinal brasileiro se vira nos trinta, não é? 

Até quando? Até quando vamos dizer que política não se discute? Até quando vamos permitir que os cargos políticos do país sejam ocupados por ladrões e analfabetos morais? Nos contentamos com as migalhas de governantes de bolso cheio, como rebanho seguimos conforme o berrante toca... Até quando?? Por isso fica aqui a pergunta, e se você parasse??


Gisele Mulek, apenas uma cidadã indignada! 



Um café e um amor… Quente por favor..!!


Sem excessos de doçura ou amargura. Forte e doce na medida! Que ambos façam meu coração acelerar. Que me mantenham viva. E que de nenhum deles eu sofra de vício, mas que de ambos eu possa me dar ao luxo do hábito. 

Pra me aquecer nos dias frios. Pra dar colo quando as coisas estiverem por um fio. Pra ser minha companhia no entardecer e meu álibi em noites de lua. 

Que jamais tenham gosto de ontem nem anseiem pelo amanhã, que me façam feliz nesse agora e que me abracem pela manhã. Suaves, intensos, sutis, saborosos... e quentes. 

Um café e um amor… Quente por favor!


Gi Mulek


terça-feira, 3 de março de 2015

Oi ex, como vai?


Oi ex...

Hoje não venho com palavras de ódio, nem te culpar por nenhum episódio, tampouco me colocar em cima de um pódio.

Sim, houve um tempo. Tempo em que desejei cascas de banana na sua calçada, um bicho gordo na sua goiaba, 28 pedágios na sua estrada.

Também não vim te acusar, nem te mandar se lascar, muito menos te pedir pra voltar.

A mágoa foi inevitável, mas se história é imutável, talvez tenhamos realmente que pensar num caminho alternativo viável.

Vim perguntar se você está bem, se continua tendo sonhos do além, se contou dos seus medos para mais alguém.

Se seu pai largou o cigarro, se você conseguiu trocar de carro, se houve algo entre a gente que não tenha ficado claro.

Vim dizer que lembrei de você. Porque finalmente comi cordeiro, porque ri conversando com meu porteiro, porque nosso verão foram anos inteiros.

Vim com bandeira branca, sem qualquer indício de cobrança, apenas me divertindo com algumas lembranças.

Vim te contar que encontrei aquela nossa conhecida, a que foi morar em Aparecida, e que ela tá com a bunda super caída.

Vim contar que vi seu colega de trabalho, que ele tá meio grisalho, mas que ainda dá pra quebrar algum galho.

Vim falar de coisas que ninguém mais entenderia, que achei as fotos daquela viagem para a Bahia e que finalmente tem açaí aqui na minha padaria.

Não vim criticar sua nova paquera, nem retomar aquele clima de guerra, nem dizer qualquer coisa que não seja sincera.

Vim te dizer que está tudo ok, que eu tive uma doença, mas sarei, e que aquele meu vizinho, de fato, é gay.

Não vim te propor uma bela amizade, um sorvete no fim da tarde e nem um fim de história marcado por vaidade.

Vim pra te desejar alguma sorte, vim porque já voltei a ser forte e porque sei que memória não respeita pena de morte.

Vim te deixar um abraço, porque te querer bem é o melhor que eu faço e porque, afinal, já chega desse cansaço.

Vim te dizer para ficar em paz, para respeitarmos o que deixamos para trás e para propor, enfim, que a gente não se queira mal, apenas não se queira mais.



Blogs Ruth Manus - Estadão


****


....vim te dizer que onde já existiu amor não deve existir vaidade ou orgulho, apenas apreço pra guardar o que foi bom, e respeito pelo que já não se é mais.!!!


Gi Mulek




terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Autenticidade...


Tolo é quem briga por espaço, lugar, superioridade, notoriedade ou vive pela aparência; dia apos dia ferindo, engando, humilhando as pessoas, desfazendo laços afetivos por nada. A gente tem que brigar é pra ser livre, ser sábio, ser inteligente, honesto e capacitado, a gente tem que manter é o caráter, a personalidade, a transparência. A gente tem que ser o que é, e viver pelo que gosta e pelo que nos faz bem; parar de forçar o riso, ou de abusar das lagrimas para se vitimar; parar de querer tanto ser notado pelo que não é, ou pelo que não tem. Viva pela autenticidade de ser o que é, pois melhor é ser imperfeito, do parecer ser o que não é!!


Gi Mulek

sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015

Ainda dá tempo....


Ainda dá tempo, de escolher uma estrela e dar um nome a ela...
Ainda dá tempo, de dizer a um amigo que parte dele vive em você...
Ainda dá tempo, de afagar uma criança e sorrir com ela...
Ainda dá tempo, de espalhar sementes e colher flores...
Ainda dá tempo, de trabalhar e se sentir útil...
Ainda dá tempo, de absorver a música e dançar na chuva...
Ainda dá tempo, de ser criança e inventar uma história...
Ainda dá tempo, de caminhar sobre folhas secas em uma manhã de outono...
Ainda dá tempo, de passar para o papel os poemas da sua alma...
Ainda dá tempo, de pedir perdão e se sentir mais leve...
Ainda dá tempo, de percorrer o caminho que seu sonho traçou...
Ainda dá tempo, de salvar um Beija Flor e devolvê-lo ao céu...
Ainda dá tempo, de tomar o bonde dos desejos e sentar na janela...
Ainda dá tempo, de dizer a um filho que pais também erram...
Ainda dá tempo, de subir no palco da vida e ser o astro principal...
Ainda dá tempo, de levantar mais cedo e despertar o dia...
Ainda dá tempo, de dizer a quem ama o quanto ama...
Ainda dá tempo, de ser seresteiro em uma madrugada qualquer...
Ainda dá tempo, de transformar a lagarta em borboleta...
Ainda dá tempo, de dizer aos pais que se orgulha dele ...
Ainda dá tempo, de agradecer ao anjo que te abriga nas asas...
Ainda dá tempo, de renovar a fé e se aliar a Deus...

Ainda em tempo... viva!!


Gisele Mulek


terça-feira, 10 de fevereiro de 2015

Mil Anos....



"Te magoei eu sei, mudei
Se puder me perdoar
Vou te provar eu quero tudo outra vez
Mil anos pra poder te amar..."

♪♫♪♫♪♫

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015

Águas passadas não movem moinhos....


Águas passadas não movem moinhos. Palavras antigas podem não expor sentimentos atuais. Medos são superados e novos tomam o lugar. Motivos de sorrisos, de coragem, de seguir são esquecidos. Mas novos sorrisos aparecem, marcam, tomam conta. Pois a vida não tem manual, não tem cronograma, não pode ser prevista. Inspirações mudam, a gente sempre se renova, aprende e reaprende. O que não pode é esquecer das possibilidades de vida dia após dia. Sinta-se bem todos os dias, inclusive nos dias mais estranhos. Sinta-se amado até mesmo quando ninguém demonstrar. Entenda, não ser perfeito é motivo de agradecer a Deus pois somente assim mudamos, crescemos, aprendemos. Mantenha uma postura de coragem e não te enganes com os sorrisos, as vezes é nas lagrimas que encontramos as maiores verdades, pode parecer estranho ou ser até exagerado, mas enxergar essa verdade é um bem que eu tenho gostado cada vez de estar conhecido.!

Gi Mulek


terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

Segunda vista....


É, foi amor a segunda vista... e nessa metáfora eu te quis desde o primeiro segundo.. Mas no decorrer da vida eu sei, foi preciso esquecer esse segundo, e te deixar partir....!!


Gi Mulek

quinta-feira, 29 de janeiro de 2015

Amor verdadeiro....


As pessoas procuram pelo amor verdadeiro, mas que verdade procuram? 

Desde quando nascemos somos apresentados a um modelo de amor comercial, aquele amor romântico dos filmes de cinema e dos livros de romances, um tipo de amor onde um pertence ao outro, e vivem felizes para sempre.

Mas convenhamos que é um tipo de amor muito mais egoísta do que cúmplice. Um amor onde um é responsável pela felicidade do outro. Onde criam-se expectativas que normalmente são frustradas, daí vem a angústia, os medos, as decepções.

Por isso enquanto jogarmos a responsabilidade de nossa felicidade nos outros, não existirá amor, existirá apenas dependência e nenhuma dependência permite a existência do amor verdadeiro. 

Então que amor verdadeiro é esse? 

Acredito que seja aquele imperfeito, aquele que não está disponível nas prateleiras das locadoras de filmes, nem na Disney, nem em Hollywood, nem nos romances mais lindos que idealizamos. 

O amor verdadeiro é aquele que convive e aceita as imperfeições, que anda junto, ao lado não a frente nem atrás, aquele que não cobra, nem julga, aquele que não tem a pretensão de moldar a outra pessoa a suas conveniências.... 

Amor verdadeiro é aceitar o outro como ele é... viver sua verdade na verdade no outro... simples assim!!!


Gisele Mulek



quinta-feira, 22 de janeiro de 2015

Que mundo é esse?


Que mundo frio estamos vivendo, valores invertidos, tecnologia é sinônimo de bem estar, ter tornou-se essência, e ser já não é fundamental.

As coisas simples se perdem a cada dia; a felicidade não é mais vista num sorriso. Os mágicos não tiram mais coelhos da cartola. A criança não joga mais futebol na rua. A mãe não bate mais o bolo com a mão porque prefere comprar o bolo pronto.

Os livros estão empoeirados em cima da estante. As fotos tiradas em família não são mais reveladas e postas em um álbum com a capa de veludo. Os vizinhos não se conhecem mais. Erguem-se muros onde antes havia flores.

O inverno não tem mais cheiro de chocolate quente. As flores da primavera não são mais regadas, pois foram trocadas por arranjos de plásticos. A música mexe o corpo e não toca mais os corações. 

E a fé, essa não é mais exercida com fervor, ela é manipulada por pessoas que desejam apenas ter. O coração das pessoas esta vazio. O mundo parece estar ao contrário e a essência não é mais valorizada em um ser humano. 

Lamento por tudo isso.

E lamento ainda mais em ver o amor se esvaindo, se esfriando como um café que a gente toma pela manhã e deixa um restinho na xícara em cima da mesa…

É triste ver o amor se tornando ferida quando, na verdade, ele é a cura...


Gisele Mulek

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...