.
Aqui… com doçura, com paixão e alegria, vida, sorrisos, sucesso e amor; Sabedoria, esperança, caridade e diferenças; Saudades, liberdade, dúvidas e certezas; Entre amigos ou família, quem sabe outras crenças, dias de sol ou de chuva, sem frescuras… dividimos…"segredos".


○○○○○

sábado, 29 de março de 2014

Em lugar do ego... um coração


Gosto de pessoas com sorrisos largos sem travas no maxilar; pessoas transparentes que demonstram o que sentem sem medo nem armaduras inventadas; gosto da franqueza mesmo que seja bruta; pode incomodar mas não machuca, pois prefiro a verdade à mentira piedosa. Gosto de pessoas de alma leve; aura clara pessoas com suavidade nas palavras; e que saibam expressar, nos movimentos, a beleza de forma rara. Gosto de pessoas “gente”. que não simulam nem barganham; pessoas que não se penhoram pela miséria humana conscientes, ousadas, atrevidas; mas que tudo seja em prol do coletivo. Sinto muito... não consigo gostar da arbitrariedade! Eu só sei gostar de pessoas que em lugar do ego ocupe um coração.!


*****



quarta-feira, 26 de março de 2014

Acabei mudando...


Às vezes me pego olhando ao redor e vendo tanta gente parecida com meu antigo eu. Tanto sentimento gritando de boca fechada e tanta lágrima escorrendo de olhos secos. Pois tanta coisa acontece com a gente, e tanta gente passa pela gente; mas é tão pouca coisa que realmente importa, é tão pouca gente que realmente fica.

Sei que, talvez, eu tivesse que ficar triste. Talvez eu tivesse que continuar secando lágrimas, abraçando o vento e rindo no vácuo, mas o fato é que eu não consigo. Eu não consigo mais ser triste só para mostrar que um dia eu fui - ou achei que tivesse sido - feliz. 

Aí percebo que eu acabei mudando. Foi mudança lenta, mas contínua, e ainda hoje sigo evoluindo. Sinto até que o sorriso mudou e a vontade de sorrir pra qualquer pessoa também, graças a Deus. Porque foi por sorrir tanto, e pra qualquer um, que eu paguei tão caro por tantas coisas que me aconteceram..!!

Mas aprendi com os meus próprios erros, que sofrer nos torna mais duro, mais seletivo, que chorar deixa mais aliviado mas que implorar não traz ninguém de volta. Aprendi também que por mais que você queria muito alguém, ninguém vale tanto a pena a ponto de você deixar de se querer. 

E eu que gritei tantas vezes para as pessoas ficarem, hoje só quero mesmo é que elas sumam de uma vez por todas. Desocupem o espaço, que deixem vazio, limpo, arejado, que saim em silêncio, sem fazer barulho.. que é pra não ter do que se lamentar depois.

Pois é assim que agente segue, deixando para trás o que para trás preferiu ficar.!



Gisele Mulek







quinta-feira, 20 de março de 2014

Simplesmente aconteceu....



Simplesmente aconteceu
Ana Carolina

Simplesmente aconteceu
Não tem mais você e eu
No jardim dos sonhos
No primeiro raio de luar
Simplesmente amanheceu
Tudo volta a ser só eu

Nos espelhos
Nas paredes de qualquer lugar
Não tem segredo
Não tenha medo de querer voltar
A culpa é minha eu tenho vício de me machucar

De me machucar
Lentamente aconteceu
Seu olhar largou do meu
Sem destino

Sem caminho certo pra voltar
Não tem segredo
Não tenha medo de querer voltar
A culpa é minha eu tenho vício de me machucar

De me machucar
Ninguém ama porque quer
O amor nos escolheu você e eu
Não tem segredo
Não tenha medo de querer voltar

A culpa é minha eu tenho vício de me machucar
De me machucar
Simplesmente aconteceu
Quem ganhou e quem perdeu
Não importa agora



♪♫♪♫♪♫


quinta-feira, 13 de março de 2014

Hoje...



Hoje,
Preciso de abraço…
Preciso de um carinho…
De um afago…
De uma palavra amiga…

Hoje,
Preciso de socorro…
Preciso de alguém que me estenda a mão,
Que compartilhe as minhas dores,
Que me ajude a secar as lágrimas,
Que me faça sorrir.


Hoje,
Estou fragilizada
Sem forças…
Sem ânimo…
Sem coragem de lutar…


Hoje,
Eu preciso de um colo
Preciso de companhia…
Preciso de uma flor…
Preciso de amor…


Hoje,
Preciso parar de chorar…
Preciso falar…
Preciso cantar…
Preciso amar…
Hoje... preciso de você…


☼☼☼☼☼






terça-feira, 11 de março de 2014

Detalhes....


Um dia você acorda e percebe que as coisas ao redor já não te animam mais, as pessoas, o trabalho, os hobbys viram martírios, quase tudo perde seu brilho. Os dias vão se repetindo, numa sequência prevista, a rotina vai te engolindo.

Como se não houvesse novidade, como que os capítulos se reprisassem, e você decora as falas, os risos, o choro e nada mais surpreende. Tudo é previsível, e ao mesmo tempo tão incerto, surge uma vontade crescente por mudança, mas você não sabe nem por onde começar.

Esta ali estagnado, cercado das mesmas coisas, revivendo os mesmos lugares, ouvindo as mesmas músicas. Você se sente sem rumo, sente uma necessidade imensa de tomar outro caminho, vontade de sair correndo sem nenhum destino, só que não sabe o que fazer, nem como fazer.

A vontade de ser outra um outro qualquer torna-se insuportável, e a verdade crescente diante dos olhos é que se perdeu muito tempo ocupando um lugar que não era seu. E além de tudo você ainda se depara com a solidão de um mundo cheio de pessoas vazias, e sua alma clama por encontrar novos horizontes, novos olhares, novos diálogos. E nada acontece, nada anima.

Aí você se da conta que a vida é isso mesmo, um replay sádico de acontecimentos diários que te suga as energias e te deixa nocauteado. Muitos considerariam a morte uma saída genial, outros vão levando, revivendo dias sem sal, sem sol...

Mas eu, mesmo que num compasso descompassado ainda sinto vivo aqui meu coração...

Sei que por foça divina, sou levada a perceber os pequenos detalhes dessa vida passageira, pequenezes que na grandiosidade dos dias vão passando quase imperceptíveis; mas ao vê-las nota-se que não era necessário nenhum grande sacrífico pra encontrar o paraíso. Pois ele esta logo ali, à distância de um olhar mais sensível, de um passo mais leve, de um pesamento mais positivo, nas coisas mais simples.. é isso, seu ponto de paz esta ai, em você... em mais nada, em mais ninguém..!


Tenham todos um ótimo dia.!


Gisele Mulek



sábado, 8 de março de 2014

Mulheres...


Mulheres... 

Frágeis, fortes, meigas, rudes, guerreiras, dependentes.. independentes... 
Não importa...

Pois mulher tem o dom de mostrar que mesmo através de sua fragilidade, é forte o bastante para erguer a cabeça sem desistir de suas batalhas; sabemos o quanto somos capazes de fazer acontecer, para vencer, custe o que custar...!

Temos a delicadeza das flores,
A força de ser mãe,
O carinho de ser esposa,
A reciprocidade de ser amiga,
A paixão de ser amante,
E o amor por ser mulher...!

Somos fêmeas guerreiras, vencedoras,
Somos o tema de um poema, a rima da poesia,
Somos a inspiração de uma musica,
Distribuímos paixão, meiguice, entusiasmo, carinho, amor..!

Somos um pouco de tudo, um muito do nada,
Pois temos a graça divina de fazer surgir a vida,
De recomeçar, quantas vezes forem preciso,
De levantar das cinzas, com mesma destreza de uma Fênix...!

Mulheres fortes e lutadoras.
Mulheres conquistadoras.
Que amam e querem ser amadas.
Elegantes e repletas de inteligência.
Vaidosas, charmosas, encantadoras.
Calmas, agitadas, lentas, turbulentas...
É... não importa...

Mulheres... sempre mulheres... simples... complexas...!!
Mais sempre indispensáveis...!!!


Gisele Mulek


08/03 - Dia Internacional da Mulher 

"Um pequeno e simples texto em homenagem a todas a mulheres, neste dia que é nosso dia.. Feliz dia Internacional da Mulher..." 


☼☼☼☼

sexta-feira, 7 de março de 2014

Who Is This - Melissa Otto



Quem É Este

Quem é este
Que se deleita mesmo em mim
Meu Senhor que lutou pela minha paz
Dizendo que não vai descansar pois ela é Minha
Até que eu tenha vestido ela tão brilhante

Quem é esse que me chama de linda
Quem salvou um nada como eu
Dando beleza para cinzas
Para ser sua coroa de glória
Quem me comprou com seu próprio sangue
Para vestir-me como Sua noiva
O ardente amor de meu redentor
Quer-me para sempre ao seu lado

Tudo o que eu sou está em Suas próprias mãos
Todas as minhas fraquezas Ele descobre
Para minha plenitude minha salvação
São Dele o mais sincero dos cuidados
O Filho de Deus tentado em todos os pontos
No entanto, em todos os pontos, sem pecado
Conquistando cada fraqueza de mim
Que Ele possa esculpir o caminho de volta a Ele



♪♫♪♫♪♫

Por Sua fidelidade que sou o que sou...
Por Sua misericórdia que estou em pé...
Obrigada Senhor, por nunca desistir de mim...
Somente a Ti, quero servir..!!!


Gisele Mulek



Saudade é assim…



Quando se está com raiva existe a palavra, o grito, os argumentos e até a vontade de ficar longe. Quando se está feliz existe o abraço, o carinho, o aconchego e as risadas compartilhadas. Quando se está triste existem as lágrimas, o desabafo, a mão estendida e o ombro que vai amparar o rosto.

Mas quando se está com saudade, não existe nada… não há presença, cheiro, olhar, sorrisos, voz ou proximidade da pessoa que se quer ter perto.

Saudade é vazio preenchido de vontade, é sede que não sacia, é fome que não acaba. Saudade é falta. Saudade é estar só e ao mesmo tempo rodeada de uma presente ausência, de pensamentos recorrentes, de desejos intermináveis. Saudade é dormir sentindo, sonhar revivendo e acordar enquanto a alegria continua adormecida.

Saudade não tem cor, mas pode ser cinza quando não há volta ou iluminada como o sol, quando sabemos que estaremos perto de novo. Saudade é contar o tempo e acreditar que ele está mais lento, é ter a sensação constante de que toda a angústia acabará em alguns minutos, dentro de um abraço. Saudade é não saber e tentar imaginar onde está quem queremos.

Saudade é música que aperta o peito, riso que desperta o choro, passado que queremos transformar em presente. Saudade é nostalgia do que ainda não conseguimos esquecer... ou do que não queremos esquecer. Saudade é perfuro-cortante, afiada e fria como uma lâmina, mas que se transforma em fogo quando terminada.

Saudade é ficar esperando o dia, a hora, o lugar e o momento de dizer "eu senti saudade!". Saudade é olhar de longe e pensar o que fazer para acabar com a distância. Saudade é insana, não tem planejamento, discernimento ou auto-controle… simplesmente revira e tira tudo do lugar.

Saudade é reconstituir por muitas, muitas, muitas vezes o último beijo e o último sorriso. Saudade é planejar os próximos abraços, toques, ficar agarradinho… é a expectativa de encontrar de novo... 

Saudade é isso que você está sentindo agora, enquanto lembra de quem te desperta esse sentimento.

Como disse Bob Marley, "saudade é um sentimento que quando não cabe no coração, escorre pelos olhos".



Gisele Mulek



quinta-feira, 6 de março de 2014

Amor não acaba...



Amor não acaba... Filmes acabam, balas acabam, dias acabam, beijos acabam, noites acabam, chocolate acaba, café acaba, o assunto acaba, a paciência acaba, a raiva acaba, a vontade acaba - desejo diminui. Mas o amor não. Ele pode entrar em coma, ficar fraco, doente e, se for o caso, morrer. Amor não é uma emoção, um fato, um objeto. Amor é uma vida, é algo que sai da compreensão humana, científica, racional. Amor não começa e acaba. Amor nasce e morre...!!


Gisele Mulek




Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...