.
Aqui… com doçura, com paixão e alegria, vida, sorrisos, sucesso e amor; Sabedoria, esperança, caridade e diferenças; Saudades, liberdade, dúvidas e certezas; Entre amigos ou família, quem sabe outras crenças, dias de sol ou de chuva, sem frescuras… dividimos…"segredos".


○○○○○

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Sou dos Três..!!


Sou dos Três..!! 

Estive observando alguns comentários sobre este 'movimento', e com todo respeito com quem não concorda, e ainda diz "Deus é um", eu gostaria apenas de expor alguns fatos que me chamam atenção ao ler e estudar a bíblia e propor um pequena reflexão.

Não gosto muito de utilizar o termo 'trindade' até porque as pessoas que fazem uso dele sugerem a existência de três 'deuses' o que não é verdade. Eu creio na existência de três pessoas distintas que podem ser chamadas de 'Deus', mas creio em um só Deus (Efésios 4:6), assim o fato de afirmar que existem mais de uma pessoa divina, não sugere múltiplos deuses.

Sim, acredito na existência do Pai, Filho e Espírito Santo e creio que são pessoas distintas. Um exemplo que gosto de citar, do batismo de Jesus, vemos cada um desempenhar seu papel, concordando entre si, mas com ações distinto. Jesus (filho) subiu das águas; o Espírito desceu como pomba sobre ele; o Pai falou dos céus (Marcos 1:9-11).

Entre tantas passagens vejo nitidamente essa posição firmada. O Pai é maior do que o Filho (João 14:28). O Pai enviou e instruiu o Filho (João 14:24). No entanto Jesus não deixa de ser divino, ele é eterno e merecedor de adoração (João 1:1; João 8:24,58; Mateus 4:10; 14:33; 28:9,17; João 9:38; Hebreus 1:6; Apocalipse 5:9-14; etc.); E o Espírito Santo também é pessoa divina e não podemos negar a sua personalidade. O mesmo Pai que enviou Jesus enviou o Espírito (João 14:26). Jesus o chamou de "outro consolador", mostrando que ele pertence à mesma categoria que Jesus: uma pessoa divina (João 14:16), Espírito ensina (João 14:26); habita nos fiéis como o Pai e o Filho o fazem (João 14:17,23) e intercede como Cristo também o faz (Romanos 8:26,34). Vários textos apresentam o Pai, o Filho e o Espírito Santo como pessoas unidas mas distintas (Mateus 28:19; 2 Coríntios 13:14).

Assim, creio que seja impossível negar tais afirmações, pois a bíblia esta recheada desta verdade e os verdadeiros seguidores de Cristo entenderam até as coisas mais difíceis de entender (João 8:32; 17:17; Deuteronômio 29:29).

"A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém." (2 Coríntios 13:14).


Gisele Mulek


Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...