.
Aqui… com doçura, com paixão e alegria, vida, sorrisos, sucesso e amor; Sabedoria, esperança, caridade e diferenças; Saudades, liberdade, dúvidas e certezas; Entre amigos ou família, quem sabe outras crenças, dias de sol ou de chuva, sem frescuras… dividimos…"segredos".


○○○○○

domingo, 30 de junho de 2013

Esperança...


Há uns anos, semeei meu pé de esperanças com muito verde, cheiro de jasmim. Eles pegaram bem. Deram-me muitas mudas, fortes até. Fiquei alegre demais, nem dá pra contar aqui. Mas há alguns meses, quando voltava da viagem, por descuido ou má fé, alguém entrou no quintal e pisou no meu pé da esperança. Ficou todo esbugalhado, estendido e amarrotado no chão, estatelado... Chorei, chorei muito, por muito tempo.... Mais então, resolvi semear de novo... ainda mais verde.. ainda com mais perfume de jasmim...!

Nunca deixe nada nem ninguém lhe roubar a esperança de viver dias melhores e mais felizes..!!


Um ótimo domingo a todos...!!

Gisele Mulek


sábado, 29 de junho de 2013

Quando a gente aprende a ser livre...


Eu vi aquela menina no chão e meu primeiro impulso foi correr ao seu encontro e dar-lhe um abraço e dizer que seja lá o que a tivesse feito chegar àquela situação, iria passar. Mas, por bom senso e tantas outras coisas que o mundo prega, deixei essa responsabilidade a quem de fato devesse, que, não era eu. 

Talvez ela sequer aceitasse minha ajuda e não valia a pena correr o risco da rejeição. Isso aconteceu várias vezes. Aquela moça insistia em ficar na rua onde eu passava. Todos os dias a encontrava lá, maltrapilha, com uma cara de choro e olheiras herança de noites mal dormidas. Sentava no meio fio e parecia ser ali seu santuário escolhido pra ver o mundo passar. O altar escolhido pra deixar seu coração desaguar. 

Um dia não aguentei e fui até ela. Sentei no meio fio ao seu lado, segurei suas mãos. De cabeça baixa ela estava, de cabeça baixa continuou. Lhe dei um abraço assim, sentadas mesmo e lhe sussurrei ao ouvido; vai ficar tudo bem. Ouvindo aquilo, ela levantou a cabeça pra colocar nos meus aqueles olhos marejados e qual não foi meu espanto ao encontrar naquela face nada mais, nada menos que a minha face.

Nos abraçamos e naquele momento todo amor do mundo que por anos a fio doamos ao mundo, nos inundou. Como era difícil encarar aquela menina linda porém tão mal vestida, tão desacreditada e tão descrente e reconhecer que era eu mesma. 

A levantei, levei pra casa, dei banho, passei o melhor óleo e perfume, a deitei na cama e lhe abracei de conchinha como ela - eu - tanto gostávamos. Ela pareceu dormir pela primeira vez em anos. Eu, também. Acordei o dia já estava alto e eu, sozinha na cama. A menina irriquieta e triste havia enfim encontrado seu rumo. A moça maltrapilha que queria tanto que o mundo a visse encontrou o que precisava: os olhos e amor de si mesma sobre si e enfim teve paz. Tivemos paz.

Ela, eu, que procurávamos tanto alguém que nos salvássemos de nós, encontramos: nós mesmas.


Tarefa insana é buscar fora o que está dentro.
Impossível amar sem antes, abraçar a si.
Se amar é também se libertar


Fonte: camilalourencomorena.blogspot.com


quinta-feira, 27 de junho de 2013

Outra Vez...



Sou daquelas que fala o que sente o coração... assim..

...Das lembranças que eu trago na vida

Você é a saudade que eu gosto de ter...


quarta-feira, 26 de junho de 2013

Só por hoje...


Só por hoje falarei menos e ouvirei mais.
Só por hoje serei mais humilde para reconhecer meus erros.
Só por hoje agradecerei mais e irei reclamar menos.
Só por hoje irei aceitar aquilo que não posso modificar.
Só por hoje pensarei muito antes de falar ou agir.
Só por hoje lutarei pelos meus alvos e meus objetivos.
Só por hoje amarei a minha família com toda intensidade.
Só por hoje desejarei o melhor para aqueles que me odeiam.
Só por hoje confiarei mais em Deus os meus sonhos e planos.
Só por hoje não olharei para meu passado, mas irei viver o meu presente.
Só por hoje não me culparei dos meus erros, mas irei aprender com eles.
Só por hoje não julgarei ninguém, mas irei perdoar quem me fizer mal.
Só por hoje pedirei perdão para todos a quem magoei.
Só por hoje não terei raiva nem ódio nem rancor de ninguém.
Só por hoje serei grato por tudo que aconteceu em minha vida.
Só por hoje sonharei com um futuro bom tranqüilo e cheio de paz...
Só por hoje... desejo que todo o dia da minha vida seja um "só por hoje".

Deus abençoe seu dia de hoje.!

Gisele Mulek


terça-feira, 25 de junho de 2013

Gratidão.!


A gratidão desbloqueia a abundância de vida. Ela torna o que temos em suficiente, ou mais, multiplica. Ela torna a negação em aceitação, caos em ordem, confusão em claridade. Ela pode transformar uma refeição simples em um banquete; uma casa em um lar, um estranho em um amigo; um amigo em um amor. A gratidão dá sentido ao nosso passado, traz paz para o presente, e cria uma visão revigorante para o amanhã.. Portanto seja grato..!

Uma terça de cheia de boas esperanças pra você.!

Gisele Mulek

segunda-feira, 24 de junho de 2013

Eu sei que eu fiz tudo que podia..!


Eu tentei como você. Fui até o fim com você.
Ser leal com o amor é não abandonar a tentativa.
É esgotar todas as chances.
É não permitir que um “se” seja maior do que um sim.
É não experimentar a culpa por não ter feito.
Cumpri tudo o que um amor pede – estou quite com a vida.
Não haverá aquele remorso pela covardia, omissão, indiferença.
O amor pede agora que se retire. Quando cedemos o corpo e a alma, ficamos com o corpo. Não me preocupo, alma nasce de novo.
(...)

Não deixei nenhuma vontade em desuso, nenhuma lembrança em aberto. 
Não me arrependo nunca disso.
Gentileza é garantir a escolha,
mesmo que a resposta não seja a que desejamos.
(...)

Sim esse amor, merece o nosso respeito do início ao fim.
Não está em julgamento.
Uma pessoa só prova que é grande quando
não diminui a outra para se valorizar.
(...)

Sim, talvez eu tenha errado em insistir, mas são erros puros,
autênticos. Erros educados.
Erros que não devem fazer com que se feche daqui por diante.
Amor oferecido não se devolve.
Não pede recompensa.
Não exige final feliz.
(...)

A palavra dá voltas. 
Eh.. Eu sei.. ainda lembrará a música que escutavam agarrados.
Ou não entenderá uma pontada estranha de saudade (...)
Não pode mais esquecer.. Pode não amar mais, mas esquecer, não.
Pois há memória eternas depois de uma vida juntos. 
Portanto.. Honremos...


Baseado na"Carta ao amigo Marx" de 
Fabrício Carpinejar


Deixando que a chuva que cai constante lave, além do chão que piso.. minha alma e coração..!! 

Uma ótima semana a todos.


Gisele Mulek


terça-feira, 18 de junho de 2013

segunda-feira, 17 de junho de 2013

Dádiva de Deus..!



Hoje levantei cedo, fiquei pensando em tudo que tenho a fazer antes que o relógio marque meia noite. Tanta coisa, mais em meio a tudo, a toda correria é minha função escolher que tipo de dia vou ter. Posso reclamar porque está chovendo ou agradecer às águas por lavarem a poeira da vida. Posso ficar triste por não ter dinheiro ou me sentir encorajado para administrar melhor minhas finanças, evitando o desperdício. 

Posso reclamar sobre minha saúde ou dar graças por estar vivo. Posso me queixar dos meus pais por não terem me dado tudo o que eu queria ou posso ser grato por ter nascido. Posso reclamar por ter que ir trabalhar ou agradecer por ter trabalho. Posso sentir tédio com tudo, ou agradecer a Deus por tudo que tenho. Posso lamentar de decepções com amigos ou me entusiasmar com a possibilidade de fazer novas amizades. 

Se ontem as coisas não saíram como planejei posso ficar feliz por ter hoje um novo dia para recomeçar, para refazer... O dia está na minha frente esperando para ser o que eu quiser.. E aqui estou eu, escultor, e sei que posso dar forma a um dia feliz.. Tudo depende só de mim...

E eu escolho ser feliz.. com sorriso nos lábios e paz no coração.. simples assim..!!


Bom dia a todos..!

Deus.. obrigada por mais uma semana que começa!!

Gisele Mulek

domingo, 16 de junho de 2013

Tocando em Frente...



Não é preciso dizer nada... canção diz tudo..!!
Escute.. neste dia chuvoso, preguiçoso... musica boa faz bem ao coração..rs

Um ótimo finalzinho de domingo a todos..!!

Gisele Mulek

Um dia a gente descobre...



"A vida nos devolve em dobro tudo que a gente perde. E não é em quantidade, mas sim na intensidade como as coisas acontecem. Tudo é uma surpresa. E a gente não percebe isso na hora. Elas vão tomando conta com o tempo, lento e justo. Nada é em vão, nem as lágrimas, nem o sorriso e muito menos a solidão. Um dia a gente descobre tudo o que foi realmente verdadeiro e o que simplesmente não passou de uma grande ilusão."


☼☼☼


sábado, 15 de junho de 2013

Gloria da Segunda Casa


Glória da segunda casa
Fernanda Brum


Estou reconstruindo meu templo
Põe a tua glória aqui
Glória que não cabe em palácios
Porque foi feita pra mim
Não terei beleza apenas por fora
Quero o teu ouro em meu interior
Só assim verei tua glória meu Senhor

Eu quero a glória da segunda casa
A unção da segunda casa
O poder da segunda casa
Eu quero sobre mim
Quero sobre mim
O ouro da segunda casa
O mover da segunda casa
Porque a glória dessa casa
Não será passageira
Será maior que a da primeira



Obrigada Senhor pela chance de vida que esta me dando.
Sei que Tu és Fiel.!

Gisele Mulek

quinta-feira, 13 de junho de 2013

O amor começa em mim....


"Hoje eu amanheci emotivo. Mas emotivo de uma forma bonita, sensível. Acordei sentindo a essência de tudo que me cerca, de tudo que me envolve. É como se eu pudesse entrar no mistério de cada acontecimento, tocar a intimidade de cada gesto, inaugurar a beleza de cada detalhe.

Amanheci com uma sensação de sol após longos dias de chuva. E essa lágrima de agora desabotoou um punhado de sentimentos pueris dentro de mim. Valores que eu já nem lembrava mais que os tinha.Belezas que estavam escondidas na rotina, acobertadas pela falta de tempo.

Amanheci ensolarado e pude perceber a quantidade de escuros que eu ilumino quando deixo a minha luz (interior) acesa. Essa lágrima de agora regou um solo que a muito tempo estava áspero, um solo tão bonito, mas que precisa de cuidados especiais, que precisa de tempo, de atenção, de dedicação, de entrega, diariamente. Um solo que precisa de carinho para se tornar fértil. 

Hoje eu amanheci emotivo, sensível e percebi a quantidade de pessoas que eu posso ajudar quando presto atenção em mim. Que estar bem (comigo) é o primeiro passo para deixar o outro bem. 

Amanheci sentido o imenso poder de cura que tenho em minhas mãos, em cada gesto de afeto que eu posso oferecer - a mim mesmo e ao próximo. E essa lágrima de agora movimentou uma porção de engrenagens que estavam enferrujadas, ativou mecanismos importantes que estavam atrofiados, lavou sujeiras que atrapalhavam o bom funcionamento de partes essenciais - em mim.

Hoje eu abro os braços para acolher esse sentimento. Deixo meu coração livre, vazio, apto a ser inundado por toda essa sensibilidade. Hoje eu entendo de uma forma bem mais clara e visível: O amor começa em mim...."


****


"E paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos sentimentos em Cristo Jesus." Fil. 4:7


Deus abençoe o seu dia.!


Gisele Mulek




quarta-feira, 12 de junho de 2013

Como se fosse a primeira vez..



"Era uma vez uma princesa muito bela e sensível, que apesar de ter vários pretendentes, nenhum a pedia em casamento, porque ela tinha um problema: era esquecida. No entanto, não era de tudo que ela se esquecia. Na verdade, ela se esquecia de apenas uma coisa: que havia se apaixonado no dia anterior.

Isso obrigava seus pretendentes a ter que reconquistá-la todos os dias, dia apos dia. Apesar desta tarefa não ser muito difícil, eles tinham medo.

Finalmente, apareceu um pretendente muito determinado, e se casou com ela.

Quando eles fizeram cinco anos de casamento, o rei fez uma grande festa e, ao ver sua filha feliz e radiante, mais linda do que nunca, perguntou ao rapaz: 

- Aquele problema da minha filha… bem, vocês estão conseguindo superar? Não tem atrapalhado o casamento de vocês?

- Não, meu rei, ao contrário. Ter que reconquistá-la todos os dias não é um problema, é uma benção. É a força do nosso relacionamento."


Ao ler essa historia, me lembrei de um filme que gosto muito chamado "Como se fosse a primeira vez" ele retrata uma historia muito parecida: uma moça que perdia sua memoria mais recente todos os dias, o que a impossibilitava de ter um relacionamento duradouro, até que encontrou alguém disposto a conquista-la todos os dias.

Hoje dia dos namorados, pense nisso, você tem feito seu parceiro ou parceira se apaixonar por você novamente todos os dias? Ou você já perdeu o encanto da conquista??

Não importa se você namora ou se já é casado, se é um, dois meses ou se dez anos, o importante é demostrar amor a quem esta do seu lado, faze-lo sentir-se amado desde as pequenas coisas, até as mais complexas, com respeito, compreensão e carinho.

Afinal quando você planta amor, com certeza sua colheita será a felicidade.


Gisele Mulek


terça-feira, 11 de junho de 2013

Especiais...


Mamãe estava muito concentrada fazendo o almoço de Domingo, quando papai convidou-me para ir com ele comprar guaraná. Saímos com duas sacolas cheias de vasilhames. Eu estava ficando animado, pois já estávamos chegando perto do bar. Mais para minha surpresa, ele passou direto, sem parar, parecendo não ter visto o bar.

Então perguntei: – Pai, você não vai comprar aqui?
E ele respondeu: – Vamos mais adiante.

Seguimos mais alguns metros e chegamos perto da padaria, que fica bem em frente a adega. Fiquei intrigado quando tranquilamente ele seguiu em frente como se não tivesse visto nem uma nem outra.

Tornei a perguntar: – Pai, nós não vamos pegar os refrigerantes aqui?Pacientemente, respondeu-me: – Só mais um pouquinho e nós vamos chegar ao mercado.

Confesso que estava ficando chateado e irritado, pois tínhamos passado por três lugares diferentes que vendiam guaraná e o meu pai quis andar mais só para comprá-los ali.

Ao entrarmos no mercadinho, Sr. Silva nos deu um sorriso muito gostoso e espontâneo. A primeira coisa que perguntou foi se a mamãe havia melhorado do resfriado. Em seguida, prestativamente, foi pegando nossas sacolas e colocando nelas os refrigerantes. Meu pai quis saber notícias da mulher dele, dona Maria. Foi informado de que ela estava arrumando a casa e preparando o almoço, pois o domingo era o único dia da semana em que não trabalhavam o dia todo. Os dois conversaram mais um pouco e então pude observar a amizade e o carinho que respeitosamente tinham um pelo outro.

Ao despedirem-se, Sr. Silva fez um gesto carinhoso na minha cabeça, olhou-me com ternura e comentou com meu pai: – Como está bonito este garoto! Você deve ter muito orgulho dele!

Saímos do mercadinho e voltamos para casa. No caminho comecei a pensar e responder no lugar do meu pai à pergunta que eu mesmo havia lhe feito enquanto íamos. O preço daquele refrigerante era mais ou menos igual em qualquer um dos lugares, só que ali, naquele mercadinho, tanto eu quanto meu pai sentimo-nos reconhecidos como seres individuais, pessoas distintas e diferentes do mundo.


Com este texto aprendi uma lição especial; igual em conteúdo, em rótulo e em tampinha só mesmo o guaraná. Eu sou alguém especial, tenho minha individualidade e devo valorizar-me por isso, fazendo a mesma coisa com as outras pessoas, assim como você. Deus age assim conosco, nos vê na nossa essência não se importa com cor, raça, nacionalidade ou beleza; Ele nos cuida como seres únicos. Isto é muito bom e faz com que nos sintamos muito bem.

"Mas, quando aprouve a Deus, que desde o ventre de minha mãe me separou, e me chamou pela sua graça." Gálatas 1:15

Para sua meditação, um ótimo dia na paz de Cristo.!


Gisele Mulek


segunda-feira, 10 de junho de 2013

Vou deixar na Cruz..



Vou deixar na cruz tudo o que passou
Tudo o que ficou pra trás
Eu dependo desse amor, do Seu amor mais que tudo
Eu confio que Seu amor tem poder pra curar dores


♪♫


Meu socorro vem do Senhor..!


Elevo os meus olhos para os montes; de onde me vem o socorro? O meu socorro vem do Senhor, que fez os céus e a terra. Não deixará vacilar o teu pé; aquele que te guarda não dormitará. Eis que não dormitará nem dormirá aquele que guarda a Israel. O Senhor é quem te guarda; o Senhor é a tua sombra ã tua mão direita. De dia o sol não te ferirá, nem a lua de noite. O Senhor te guardará de todo o mal; ele guardará a tua vida. O Senhor guardará a tua saída e a tua entrada, desde agora e para sempre. 

__Salmos 121


Mesmo em meio as aflições e desassossegos do coração percebemos a fidelidade do Senhor, o quanto Ele se importa em nos guardar, e nos fazer levantar não importa o tamanha da queda.

Obrigada Senhor, Tu és Fiel.!


Gisele Mulek



sexta-feira, 7 de junho de 2013

Nos faz Sorrir...


Em tempos em que quase ninguém se olha nos olhos, em que a maioria das pessoas é individualista e pouco se interessa pelo outro na sua essência; é preciso ser grato àqueles que percebem nossas descrenças, indecisões, suspeitas, dores, tudo o que nos paralisa, e gastam um pouco da sua energia e tempo conosco, insistindo em nos fazer sorrir...!

Gisele Mulek

quarta-feira, 5 de junho de 2013

Em silêncio...



"Tem gente que só da gente pensar, o coração começa transbordar de amor e saudade.. E essa pessoa nem imagina, que sentimos isso.. Então o amor passa ser o silêncio.. sozinho dentro do coração da gente."


*****


terça-feira, 4 de junho de 2013

Quando é amor...!!


"O amor é paciente, o amor é bondoso. Não inveja, não se vangloria, não se orgulha. Não maltrata, não procura seus interesses, não se ira facilmente, não guarda rancor. O amor não se alegra com a injustiça, mas se alegra com a verdade. Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta." 


1 Coríntios 13:4-7




Não é preciso dizer muito, apenas assista e deixe a verdade falar em seu coração.. vale se emocionar.. quando é amor.. é amor..!!


Bom dia..!!


Gisele Mulek


segunda-feira, 3 de junho de 2013

Deixa-me...


Deixa-me amar-te em meus silêncios
Na calmaria do teu coração que me acolhe
E de onde se desprendem meus sonhos
Em vôos etéreos de plena liberdade

Deixa-me amar-te em minha solidão
Ainda que meus labirintos te confundam
E que teus fios generosos de compreensão
Emaranhem-se no tapete dos meus enigmas

Deixa-me amar-te sem qualquer explicação
Na ternura das tuas mãos que me sorriem
Escrevendo desejos em versos despidos
Na minha alva tez que te cobre e descobre

Deixa-me amar-te em meus segredos
Para que desvendes o que também desconheço
A alma dos meus abismos onde anoiteço
E meus olhos adormecem embalados pelo mistério

Deixa-me amar-te em tuas demoras, longas horas
Em que meu corpo se veste de céu à tua espera
E minhas mãos em frenesi acendem estrelas
Para alumiar-te, ainda que ausente estejas…


****

domingo, 2 de junho de 2013

Limpando as gavetas do coração


Na correria diária nem sempre temos tempo de manter tudo organizado, tudo no seu devido lugar; mais chega um momento que é impossível se livrar da responsabilidade de algumas arrumações… Coisas que no dia a dia vão ficando esquecidas, acumulando-se nos cantos da casa. Tudo ali reclamando atenção, e um pouco de organização. 

Este final de semana dediquei parte das minhas horas para essa tarefa. Confesso que não é divertida. Não mesmo. Encarar aquela bagunça é algo que fiz por ser absolutamente necessário. Mais é curioso que, enquanto vamos mexendo, tirando do lugar, descobrimos coisas interessantes, outras tantas descartáveis. Algumas estão ali há anos, e sempre justificamos uma razão para permanecerem guardadas. 

E nestes dias ao mexer nos armários e gavetas, consegui jogar fora muito material, coisas antigas, sem valor, até CD’s, DVD’s, livros e revistas foram para o lixo, percebi que estavam apenas ocupando lugar. Não serviam para nada. Nem para mim nem para outras pessoas. Confesso que sobrou ainda um pouco das minhas “tranqueiras” [rs] mas creio que já limpei tudo que precisava ser descartado. 

Depois de toda arrumação, enquanto tomava banho, refletia sobre o que havia feito. Entretanto, pensava noutra perspectiva. Pensava em nossa vida. Nas coisas que guardamos – no coração e fora dele. E que da mesma forma, de vez em quando, se faz necessário de uma “limpa”. 

A vida é maravilhosa, mas nossos dias sem sempre são perfeitos. Há desencontros, perdas, tristezas, e estes sempre deixam marcas. Um relacionamento, por exemplo, tem uma história. De bons e maus momentos. Quando acaba, ficam lembranças. Muitas delas machucam, ferem. Não dá para apagar o que passou. Porém, precisamos nos livrar daquilo que ainda está ali nos fazendo mal. 

É preciso limpar as “gavetas” para não ficar trombando com coisas que alimentam negativamente nossas emoções. Algumas pessoas têm que se livrar, inclusive, de objetos físicos – fotos, presentes, bilhetes, mensagens deixadas no celular etc etc. Se mexem com a memória, é necessário jogar tudo fora. Faz parte da “faxina”. Do contrário, o passado segue presente e esquecer fica ainda mais difícil. 

Não é simples. Dá trabalho. Muito mais que dar conta dessas “bagunça” que se acumula no dia a dia. Porém, é preciso encarar as pilhas de más lembranças que estão guardadas nas gavetas do coração. Olhar também para os objetos físicos. E livrar-se deles. Não dá para ficar lamentando o que deu errado. É fundamental reconhecer que faz parte do passado. Se houve erros, encare-os como um aprendizado, pois não dá para voltar atrás. A vida segue. E os sentimentos ruins devem ser sublimados. As “gavetas” do coração precisam estar limpas, organizadas a fim de que haja espaço para coisas novas. Do contrário, o futuro nunca irá acontecer. 

Portanto, recicle-se, renove-se.. livre-se dos entulhos e deixe coisas novas tomarem conta de você..!!



Pense nisso, um ótimo domingo.!


Gisele Mulek



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...