.
Aqui… com doçura, com paixão e alegria, vida, sorrisos, sucesso e amor; Sabedoria, esperança, caridade e diferenças; Saudades, liberdade, dúvidas e certezas; Entre amigos ou família, quem sabe outras crenças, dias de sol ou de chuva, sem frescuras… dividimos…"segredos".


○○○○○

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Simplesmente...


Simplesmente deixo Cristo assumir o controle..!

Falando sobre o seu "espinho", Paulo escreveu:
"..foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de Satanás para me esbofetear, a fim de não me exaltar. Acerca do qual três vezes orei ao Senhor para que se desviasse de mim. E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo. Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte." 2 Coríntios 12:7-10
 
Paulo aprendeu a transformar suas fraquezas em uma arma ao permitir que elas o aproximassem de Deus. Essa é uma lição que também precisamos aprender. Eugene Peterson parafraseia a primeira bem-aventurança de Cristo: "Você é abençoado quando está no fim da corda. Com menos de você haverá mais de Deus e do Seu governo."
 
Ora, não podemos simplesmente aceitar nossas falhas de caráter e nossas áreas de derrota e dizer: Bem, acho que eu sou assim mesmo, não tem jeito. Não!! Precisamos confrontar cada área de fraqueza, confessá-la, e deixar Cristo assumir o controle. Sempre teremos dificuldade em uma ou outra área, mais assim como Paulo que reconhecia isso ("Temos, porém, este tesouro em vasos de barro, para que a excelência do poder seja de Deus, e não de nós" - 2 Coríntios 4:7) devemos reconhecer nossas imperfeições e deixar Ele no controle. Como um vaso de barro comum, frágil, imperfeito e facilmente quebrável, Deus nos usará quando nos rendermos e permitirmos que Ele trabalhe através da nossas vida.
 
Assim reconheço: "...Recebi o dom de uma limitação. A princípio eu não pensava nele como sendo um dom, e pedi a Deus para retirá-lo. Ele me disse: A minha graça é suficiente; ela é tudo que você precisa. A minha força se aperfeiçoa na sua fraqueza. Quando ouvi isso, fiquei feliz por deixar que isso acontecesse. Parei de colocar o foco na limitação e comecei a apreciar o dom. Agora aceito sem perder o equilíbrio e com bom ânimo essas limitações que abalam o meu ego – abuso, acidentes, oposição, infortúnios. Simplesmente deixo Cristo assumir o controle! E assim, quanto mais fraco estou, mais forte me torno."


Que Deus abençoe seu dia..!!

Grande abraço,


Gisele Mulek

 

Um comentário:

Anônimo disse...

Parabéns Gi, seu blog é lindo..!
Bjss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...