.
Aqui… com doçura, com paixão e alegria, vida, sorrisos, sucesso e amor; Sabedoria, esperança, caridade e diferenças; Saudades, liberdade, dúvidas e certezas; Entre amigos ou família, quem sabe outras crenças, dias de sol ou de chuva, sem frescuras… dividimos…"segredos".


○○○○○

segunda-feira, 27 de agosto de 2012

Tua Infinita Graça..!


Tua Infinita Graça 
Gerson Cardozo

Conforme a Tua infinita Graça
Ó Pai perdoa a minha transgressão
Faz-me sentir mais uma vez a Graça
E dá-me a Tua paz no coração

Mais uma vez eu sinto o meu pecado
Que é contra Ti ó Pai, ó Pai de amor
Minh'alma pede a Tua alegria
Renova em mim o Teu amor, ó Meu Senhor

Meu coração a Ti eu ofereço
Perdão imploro, Meu Senhor e Rei
Faz-me sentir mais uma vez a Graça
Misericórdia assim alcançarei

E eis que em iniquidade fui formado
E em pecado me concebeu a minha mãe
Mas o Senhor me deixou consumado
Me deu a paz, me concedeu perdão


****


domingo, 26 de agosto de 2012

Onde estiver espero que esteja feliz..!


Onde estiver espero que esteja feliz, encontre seu caminho,
Guarde o que foi bom e jogue fora o que restou

Tem horas que não dá pra esconder, esta no olhar,
Como as coisas mudam, a vida cobra e a gente tem que crescer.
Me pergunto se você pensa em mim como eu penso em você.

Onde estiver espero que esteja feliz, encontre seu caminho.
Guarde o que foi bom e jogue fora o que restou.
Pois acredito nos meus sonhos, eu acredito na minha vida.
E no meio dessa guerra, nenhum de nós pode ganhar.

Sonhar, e não desistir, cair e ficar de pé,
Dar valor depois que passou, não duvidar da sua fé,
Eu vejo a vida tem vários caminhos, e entre eles o destino improvisa,
Nos pequenos detalhes da vida, a resposta está escondida.

Memórias e lembranças, certezas e dúvidas.
Nada parece mudar, e apesar de tudo enquanto o tempo passa.
Ainda espero a sua resposta...??

Onde estiver espero que esteja feliz, encontre seu caminho.
Guarde o que foi bom  e jogue fora o que restou.

Adaptação da Musica Onde Estiver - NX Zero


*****

quinta-feira, 23 de agosto de 2012

A queda da girafa



Estava lendo sobre como nascem as girafas… Descobri algo interessante. Logo que vem ao mundo, o bichinho cai de uma altura de três metros. Literalmente, a girafinha despenca. E sem piedade. É uma queda e tanto. E ninguém pode se atrever a amenizar a queda. A mãe não vai gostar nada nada da atitude do “caridoso” que se meter a interferir no processo.

Mas a coisa não para por aí. Enquanto tenta se erguer, a mãe chuta o filhote até que ele se levante. É uma forma de apressá-lo. Quando tudo parece resolvido e a girafinha já está em pé, novo coice. Agora, mais forte. A girafinha volta a cair… Na verdade, o que parece cruel é apenas uma forma da natureza preparar esse animal para ser rápido, ligeiro ao levantar-se visando se defender dos predadores naturais.

Ao ler sobre o assunto, pensava na vida da gente. Refletia sobre as nossas quedas. Como educador, sei que as frustrações são fundamentais para o processo de desenvolvimento da criança. Entretanto, entendo também que, quando adultos, nossos fracassos são oportunidades para crescermos. É como a queda da girafinha… Caímos pra nos levantar. E levantarmos mais fortes.

Certa vez vi um pensamento que achei muito interessante: “dificuldades não se desperdiçam”. À primeira vista, a ideia pode parecer absurda, mas… faz todo sentido. A gente pode sofrer por sofrer. Ou sofrer e aprender com o sofrimento. Quando a gente cai, talvez nada faça muito sentido. Porém, temos que entender como uma chance de nos tornarmos mais resistentes aos temporais da vida. Afinal, ninguém vai passar por esse planeta sem levar vários tombos. Os problemas nos garantem a experiência necessária para lidarmos com cada nova situação que se colocar diante de nós.

É por isso que gente protegida demais, que vive cercada de cuidados dos pais, não dá conta de encarar a vida como ela é. Quando enfrenta os primeiros desafios, o sujeito corre, se desespera. Se é alguém sem poder econômico, intimida-se, encolhe. Se o sujeito tem poder – pelo dinheiro e/ou posição que ocupa -, o estado de pânico se revela através de gritos, ameaças… Numa tentativa de auto-afirmação.

Óbvio, ninguém gosta de sofrer. Ninguém gosta de fracassar, como escrevi aqui na semana passada. E quando a gente está na pior, vivendo a noite escura da alma, nada parece fazer sentido. As horas de dor parecem se estender… numa linha infinita. Porém, ainda que não se veja saída, é preciso confiar. Vai passar. Certa ocasião um monge disse que a espera, ainda que angustiante, é uma oportunidade de crescimento. A alma se purifica, a mente se torna mais clara, o coração mais paciente… O homem mais sábio.



 

quarta-feira, 22 de agosto de 2012

A Magia do Adeus


Dizer Adeus a quem gostamos está para além das nossas capacidades. Sentir aquela dor forte que nos paralisa, que nos tira todas as forças. As lágrimas e gritos de agonia. As noites em travesseiros molhados, o vazio eterno, não só do espaço, mais da alma. Querer falar e não poder, simplesmente querer e não poder; querer amarar o que sente num baú e fecha-lo para sempre, para que o coração nunca soubesse de tal inópia.

Dizer adeus é incerto… porque nunca se sabe quando estás de fato pronto para o pronunciar, e para o concluir. Talvez porque nunca se fica apto, apenas sai da boca, ou é forçado pela mente. Afinal, o adeus é aleatório, e a mente somente acompanha a intensidade, e nos entrega à incredibilidade de uma fatal notícia.  

O tempo pára, e as questões aparecem. E se eu simplesmente não dissesse adeus? E negamos o evidente, por não querer ver. É a esperança, até ao último fôlego. Contorcemo-nos, esticamos os braços, incrédulos com a crueldade da vida. Ou diria da Morte? O passado, não é viver, mas recordar. Imaginar como seria, não passa de possibilidades, ou de impossíveis…

Mais sem querer, mesmo que não por mim, foi dito por fim, Adeus..

Adeus… E largaram-se as mãos, o abraço, o sorriso, o olhar...

Então a magia aparece....
De novo… as mãos, o abraço, o sorriso, o olhar.. mais são só lembranças.

Sim, lembranças repletas da certeza de que és eterno.
Eterno em mim… e nas minhas memórias.
E assim viverás para sempre, porque eu farei com que vivas...


***** 


sexta-feira, 17 de agosto de 2012

Eu Sabia Que Te Amava

 
 
I Knew I Love You - Savage Garden
 
 
Eu sabia que te Amava
 
Talvez seja intuição
Mas algumas coisas você apenas não questiona
Como em seus olhos
Eu vejo meu futuro em um instante
E lá se vai
Eu penso que encontrei meu melhor amigo
Eu sei que pode soar um pouco louco
Mas eu acredito...

Eu sabia que te amava antes de te conhecer
Eu acho que meu sonho trouxe você pra vida
Eu sabia que te amava antes de te conhecer
E eu tenho esperado por isso toda minha vida

Não há nenhuma rima ou razão
Somente este sentido de completude
E em seus olhos
Eu vejo o que faltava
Eu estou procurando
E acho que encontrei meu caminho pra casa

Eu sei que pôde soar um pouco louco
Mas eu acredito

Mil anjos dançam em torno de você
Eu estou completo agora que te encontrei

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

Espera....


...difícil esperar por algo que sabemos que não vem
mais o amor tem dessas coisas
ai quem me dera, terminasse a espera....


domingo, 12 de agosto de 2012

Calce os meus sapatos


"Antes de julgar a minha vida ou o meu caráter... calce os meus sapatos e percorra o caminho que eu percorri, viva as minhas tristezas, as minhas dúvidas e as minhas alegrias. Percorra os anos que eu percorri, tropece onde eu tropecei e levante-se assim como eu fiz. E então, só aí poderás julgar. Cada um tem a sua própria história. Não compare a sua vida com a dos outros. Você não sabe como foi o caminho que eles tiveram que trilhar na vida."

-Clarice Lispector-

sexta-feira, 10 de agosto de 2012

Te amo tanto...



Te amo tanto
Alvaro Tito

O que eu sinto no meu coração,
Te dizer eu tento, mas não dá
É tão grande a minha emoção!
Que eu não consigo nem falar
Sinto você bem aqui... tão perto!
Meu coração não está mais deserto!
Sei que você nunca vai deixar de me querer

Tanta coisa você fez por mim
Minha vida, sim, você mudou
Eu jamais fui tão feliz assim,
Ainda bem que você me encontrou!
Você chegou e mudou meu mundo,
O teu amor toca em mim tão fundo!
Sei que você nunca vai deixar de me querer!

Te amo tanto!!
Eu não posso esconder
Te amo tanto!
Tenho que dizer,
Eu sei que nada vai me separar de você!



quinta-feira, 9 de agosto de 2012

Por que a gente complica tanto?


Acho que a maturidade faz a gente ver a vida de maneira mais simples. Ou, pelo menos, faz a gente tentar viver de maneira mais simples. Nem sempre dá certo, mas pelo menos se esforça pra isso. O que não dá é pra ficar dando voltas e mais voltas se a gente já sabe qual é o destino.
 
E como a gente aprende com os erros da gente e dos outros, vez ou outra, acabo analisando o comportamento alheio. Acabo rindo sozinho de algumas situações e fazendo a famigerada pergunta: - Por que a gente complica tanto?

Sim, nós complicamos. Alguns mais, outros menos… Mas todo mundo se perde um pouco diante da vida e complica o que não precisa complicar.

(...)

Por coisas que a gente acredita, por bloqueios que desenvolvemos ao longo de nossas experiências, acabamos complicando o que poderia ser simples. Tornamos a vida mais difícil. Na maioria das vezes, pra nós mesmos.

Quem cria complicações, perde oportunidades.

Esses bloqueios quase sempre são frutos de nossa mente. São inseguranças, medos. Fantasmas criados por nós mesmos ou originados em experiências mal sucedidas. E, se estão no reino da subjetividade, só a gente pode enfrentá-los. Um terapeuta pode até ajudar, um conselheiro experiente também. Mas nenhum deles vai botar a mão lá dentro de nosso cérebro e arrancar de nós aquilo que faz a gente travar diante de determinadas situações.

E dá pra descomplicar. Dá um pouco de trabalho… Mas é possível tornar as coisas mais fáceis. Claro, não é assim, como alguns dizem: “basta querer”. Tem um processo. É preciso confrontar a si mesmo. Olhar pra dentro de si, reconhecer o que está impedindo de fazer as coisas e enfrentar os próprios medos. Num passo de cada vez, é possível fazer uma caminhada. Só não pode ficar parado esperando que um dia tudo esteja resolvido. A vida não se resolve em passes de mágica; carece de atitude. De gente de atitude. Você vai conhecer o fracasso algumas vezes. Mas o fracasso não se sustenta diante de alguém disposto a lutar.




Pense nisso, porque a vida é feita de coisas simples..!!

Tenha um ótimo dia!!

Gisele Mulek

segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Andar de mãos dadas....


Pra mim, é simbólico. Pode não ser muita coisa, mas é um ato singelo. Andar de mãos dadas parece transmitir cumplicidade, compromisso, carinho, respeito mútuo. Parece demonstrar que a relação é real, é sólida, não se perdeu com o passar dos anos.
 
Pensava nisto após ver dois casais passando próximos de onde estava. Ontem pela manhã, parado no carro, observei um casal jovem, ainda na casa dos 30 anos. Faz cerca de cinco anos que se casaram. Eles caminhavam apressados. E, embora próximos, nem se tocavam. Menos de cinco minutos depois, vi outro casal. Marido e marido e mulher iam à mesma direção do casal anterior. Aparentavam mais de 50 anos. Talvez próximos dos 60. Entretanto, estavam de mãos dadas e caminhavam como jovens ainda apaixonados. 

Conheço os dois casais. Sei que a cena presenciada se repete. Há algum tempo não vejo o casal mais jovem de mãos dadas. Já o mais velho… nada parece desgrudá-los. Ainda assim, o que vi foi um recorte. Desconheço a intimidade deles. Não sei o que vivem. Talvez o primeiro, viva intensamente o relacionamento e o segundo, seja só aparência. Pode ser, admito. Entretanto, ainda penso que os pequenos gestos revelam muito do que somos e, principalmente, do fogo que existe no relacionamento. 

Andar de mãos dadas demonstra que há sintonia, mostra que a rotina ainda nãos os massacrou. Sugere que o compromisso que havia no começo do relacionamento está lá, vivo. Aponta que não falta carinho. Sugere que a relação é respeitada, é verdadeira e o desejo de ambos é mantê-la viva. 

Para mim, andar de mãos dadas reflete um amor maduro; já não há mais arroubos de paixão, aqueles momentos loucos que queimam os corações enamorados. Porém, parece dizer: “ainda quero caminhar junto com você”… Representa que o tempo não fez sucumbir o amor e nem calou o desejo de serem apenas um do outro. 





E quando uma das mãos "esquecer" de tocar a outra...
...vale o esforço de trazer ela prá perto!


 


quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Para não ter que dizer adeus...!!



Acreditei, tudo para mim era verdadeiro
Você era tudo que sonhei
Seus sentimentos pareciam reais
Mas acho que acordei... nem estou acreditando !!
Você se esvai sorrateiramente...
Não o visualizo nem mais em meus sonhos
Acho que a sintonia acabou
Custo a crer que mais uma vez me enganei
Que mais uma vez me doei, e o triste de toda esta doação
É imaginar que não acreditas que sempre te amei de verdade
Mas mesmo assim meus sentimentos não mudam
Pois não são volúveis, pois ainda tens e terás o meu coração

Devo admitir que está sendo difícil demais
Ver que o sonho acabou, que a realidade me inundou...
Só restam os pesadelos de noites longas e vazias
Pois quando acordo, nem abro os olhos
E meus pensamentos vão direto até você
E o que encontro? Dúvidas, aperto no peito, sua ausência
Que por todas as evidência
Eu custo, mas tenho que acreditar e aceitar
Mas preciso e devo, forças buscar
Onde?...Não sei.... Para meu caminho continuar

Dizer Adeus é difíci! 
Ainda mais a quem se ama...
Dizer Adeus é difíci!
Pois com ele matamos a única forma de sobreviver,
Que é dizendo Adeus a todos os nossos sonhos.
Dizer Adeus é difíci!
Pois é quando acreditamos
Que não existe mais nenhuma alternativa.
Dizer Adeus é difíci!
Pois vemos desmoronar a esperança
De que tudo fosse passageiro e em breve voltaria ao normal...
Dizer Adeus é difíci!
Pois só aí temos a certeza
Que o real e o sonho, se uniram, e chegaram ao fim...
Mas dizer Adeus é tão difíci!
Que não estou conseguindo dizê-lo...
Ou não quero dizê-lo?
Ainda tenho alguma esperança?
...Não sei...

Por isso estou aqui, apenas escrevendo...
Para não ter que te dizer... ADEUS!!!



****


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...