.
Aqui… com doçura, com paixão e alegria, vida, sorrisos, sucesso e amor; Sabedoria, esperança, caridade e diferenças; Saudades, liberdade, dúvidas e certezas; Entre amigos ou família, quem sabe outras crenças, dias de sol ou de chuva, sem frescuras… dividimos…"segredos".


○○○○○

terça-feira, 18 de outubro de 2011

Eu te Amo!


"Com amor eterno te amei, também com benignidade te atraí." (Jeremias 31.3)

O título desta página fica bem para um apaixonado. Também fica bem para pais e filhos. Sou pai de cinco filhos. Três filhos casaram-se com moças talentosas. As duas filhas casaram-se com homens que se têm mostrado excelentes cavalheiros.

Tanto eu como a minha querida esposa amamos os nossos filhos e suas famílias. Eles nos falam ou escrevem: "amamos vocês." O nosso relacionamento tem sido muito gratificante. Por que será? Simplesmente porque, como pais, achamos os nossos filhos, noras, genros e netos muito lindos e queridos. Nós os amamos.

Nossa relação é muito boa e as declarações de amor e carinho são reais. Mas como fica esta declaração "Eu te amo", partindo de Deus? Entre namorados a razão é que a gente se vê. O mesmo ocorre no relacionamento familiar. A gente se vê. Deus, também nos vê.

E o que Deus vê em nós, criaturas humanas carregadas de vaidade, de orgulho e de falsidade? A Bíblia mesmo nos afirma que não há justo, nenhum sequer. Todos estamos enlameados pelo pecado. E o pecado é uma força tremendamente destruidora para a mente.O pecado corrompe a tal ponto que muitos duvidam que Deus nos ame.

Entretanto, a Bíblia afirma repetidas vezes que Deus nos ama. Basta ver o que ele nos diz pelo profeta Jeremias, no versículo de hoje. Amigo, Deus nos conhece. Ele nos vê. Ele sabe que não temos em nós nem méritos e nem condições para nos erguermos sozinhos da nossa queda.

E porque é verdade que Ele nos ama, Ele vem ao nosso encontro por meio de Jesus, seu Filho amado. Cabe a nós reconhecer o nosso estado de perdidos e voltarmo-nos humildemente a Cristo. Nele temos o perdão de que necessitamos. E então podemos afirmar com o apóstolo João: "Nós o amamos porque Ele nos amou primeiro."

Fonte: www.bibliafacil.com.br




Devemos confiar em todos os momentos no amor de Deus por nós. Fixar o nosso olhar em Jesus, porque d’Ele brota a força para continuarmos a caminhada, mesmo em meio aos desencontros e às adversidades que a vida nos propõe. O amor de Cristo é o que nos impulsiona, nos encoraja, e nos faz avançar, e assim realizar nossos sonhos e nossa missão com êxito, devemos ter verdadeiramente a nossa confiança na força que vem do Senhor.

O amor se dobra, para não se romper!!

Uma ótima semana a todos.

Gisele Mulek

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...