.
Aqui… com doçura, com paixão e alegria, vida, sorrisos, sucesso e amor; Sabedoria, esperança, caridade e diferenças; Saudades, liberdade, dúvidas e certezas; Entre amigos ou família, quem sabe outras crenças, dias de sol ou de chuva, sem frescuras… dividimos…"segredos".


○○○○○

sábado, 29 de janeiro de 2011

Há Momentos


Há momentos na vida em que sentimos tanto
a falta de alguém que o que mais queremos
é tirar esta pessoa de nossos sonhos
e abraçá-la.

Sonhe com aquilo que você quiser.
Seja o que você quer ser,
porque você possui apenas uma vida
e nela só se tem uma chance
de fazer aquilo que se quer.

Tenha felicidade bastante para fazê-la doce.
Dificuldades para fazê-la forte.
Tristeza para fazê-la humana.
E esperança suficiente para fazê-la feliz.

As pessoas mais felizes
não têm as melhores coisas.
Elas sabem fazer o melhor
das oportunidades que aparecem
em seus caminhos.

A felicidade aparece para aqueles que choram.
Para aqueles que se machucam.
Para aqueles que buscam e tentam sempre.
E para aqueles que reconhecem
a importância das pessoas que passam por suas vidas.

O futuro mais brilhante
é baseado num passado intensamente vivido.
Você só terá sucesso na vida
quando perdoar os erros
e as decepções do passado.

A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar
duram uma eternidade.
A vida não é de se brincar
porque um belo dia se morre.


Clarice Lispector


*****

quarta-feira, 26 de janeiro de 2011

Ontem.... hoje....


"Ontem chorei.


Por tudo que fomos. Por tudo o que não conseguimos ser.
Por tudo que se perdeu. Por termos nos perdido.
Pelo que queríamos que fosse e não foi.

Pela renúncia.

Por valores não dados. Por erros cometidos.
Acertos não comemorados. Palavras dissipadas. Versos brancos.
Chorei pela guerra cotidiana.

Pelas tentativas de sobrevivência.
Pelos apelos de paz não atendidos
Pelo amor derramado.
Pelo amor ofendido e aprisionado.

Pelo amor perdido.

Pelo respeito empoeirado em cima da estante.
Pelo carinho esquecido junto das cartas envelhecidas no guarda- roupa.
Pelos sonhos desafinados, estremecidos e adiados.
Pela culpa. Toda a culpa. Minha. Sua.

Nossa culpa.

Por tudo que foi e voou.
E não volta mais, pois que hoje é já outro dia.

Chorei.


Agora, apronto os meus pés na estrada.
Ponho-me a caminhar sob sol e vento.



Vou ali tentar ser feliz e já volto."

terça-feira, 25 de janeiro de 2011

Mi Universo - Jesús Adrián Romero



Meu Universo
Composição: Jesús Adrián Romero

Que sejas meu universo
Não quero dar-Te só um pouco do meu tempo
Não quero separar-te um dia apenas
Que sejas meu universo
Não dar-Te as palavras como gotas
Quero saia um dilúvio de bênçãos da minha boca

Que sejas meu universo
Que sejas tudo o que sinto e o que penso
Que de manhã seja o primeiro pensamento
E a luz em minha janela
Que sejas meu universo
Que enchas cada um dos meus pensamentos
Que a Tua presença e o Teu poder sejam alimento
Jesus este é o meu desejo

Que sejas meu universo
Não quero dar-Te só uma parte dos meus anos
Te quero dono do meu tempo e dos meus planos
Que sejas meu universo
Não quero fazer minha vontade, quero agradar-Te
E cada sonho que há em mim quero entregar-Te


*****

segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Frágil....


Voltando para casa, semana passada, fui pega de surpresa por um “táxi”. Isso mesmo, não peguei um táxi, ele literalmente me pegou. Estava atravessando a rua, percebi dois carros parados no semáforo, sendo um deles este táxi, eu não estava atravessando na faixa de pedestre, mais sim por trás dos carros parados - com a pressa costumeira algumas vezes eliminamos etapas, e não damos conta do quanto isso pode nos prejudicar - então este táxi, resolveu dar marcha ré, e sem olhar o retrovisor não me viu atravessando a rua, fui atingida.

Foi algo inesperado, rápido, dolorido, mais graças ao meu Deus, nada grave, como disse o rapaz que me socorreu: “Menina, Deus gosta mesmo de você, podia ter sido um desastre”.

Mais estou compartilhando isso, porque esse fato me fez pensar em algumas coisas, principalmente em como nossa vida é frágil, e num piscar de olhos podemos perdê-la, ou muda-la completamente.

Naquele pequeno instante, pensei em pessoas que amo, pensei em coisas que fiz e que não gostaria de ter feito, e também em coisas que deixei de fazer. Pensei, de que vale essa vida se não vivermos ela com verdade e intensidade??

Sabe... vamos levando a vida muitas vezes sem nos dar conta que o tempo passa, e que que num instante qualquer tudo pode mudar; valorizamos coisas, valorizamos aparências, porque preferimos alimentar nosso ego, mostrando aos outros que temos a vida perfeita, então aos poucos vamos formando uma casca em volta de nos, que molda algo que na verdade não somos, mais estamos tão obstinados em ser algo para os outros, que esquecemos de ser o que realmente somos, afinal mostrar a verdade requer muita coragem.

Percebi, que preciso aprender muito ainda, preciso valorizar mais as pessoas, principalmente aquelas que amo e que são indispensáveis em minha vida, que é preciso demonstrar amor e carinho enquanto estamos juntos, porque nunca se sabe o que pode acontecer no minuto seguinte.

Por isso quero viver cada dia com verdade, quero ser quem realmente sou, sem me importar com o que irão pensar de mim, demonstrar meu sentimentos sem medo, sem vergonha; e daí se tiver que sofre de amor? e daí se tiver que cair? e daí se tiver que mudar os planos? e daí se minha vida não é perfeita aos olhos dos outros...???? O que eu quero é aproveitar cada segundo, não deixando para amanha o que posso fazer hoje, pois se um dia o inesperado bater na minha porta, sem chance de voltar atrás e refazer as coisas, pelo menos nos instantes finais, saberei que vivi, com verdade, autenticidade, com amor e paixão... fazendo cada momento valer a pena!!

Mas o mais importante disso tudo, foi perceber a fidelidade de Deus, mesmo sendo eu tão pequena e cheia de falhas, Ele não me abandona. Agradeço a Deus, por sua infinita bondade e misericórdia, por sua proteção e cuidado, às vezes achamos que estamos sós que não temos ninguém para cuidar de nós, e então percebemos que somos cercados pelo amor de Deus, que nos supre e nos fortalece.

De coração partido... de corpo dolorido (rs)... mais de alma em paz...


Gisele Mulek


quinta-feira, 20 de janeiro de 2011

Amor, que é amor...


Amor, que é amor, dura a vida inteira. Se não durou é porque nunca foi amor. O amor resiste à distância, ao silêncio das separações e até às traições. Sem perdão não há amor.

Diga-me quem você mais perdoou na vida, e eu então saberei dizer quem você mais amou. O amor é equação onde prevalece a multiplicação do perdão.

Você o percebe no momento em que o outro fez tudo errado, e mesmo assim você olha nos olhos dele e diz: "Mesmo fazendo tudo errado, eu não sei viver sem você. Eu não posso ser nem a metade do que sou se você não estiver por perto".

O amor nos possibilita enxergar lugares do nosso coração os quais sozinhos jamais poderíamos enxergar. O poeta soube traduzir bem quando disse: "Se eu não te amasse tanto assim, talvez perdesse os sonhos dentro de mim e vivesse na escuridão. Se eu não te amasse tanto assim talvez não visse flores por onde eu vi, dentro do meu coração!"

Bonito isso. Enxergar sonhos que antes eu não saberia ver sozinho. Enxergar só porque o outro me emprestou os olhos, socorreu-me em minha cegueira. Eu possuía e não sabia. O outro me apontou, me deu a chave, me entregou a senha.

Coisas que Jesus fazia o tempo todo. Apontava jardins secretos em aparentes desertos.

Padre Fabio de Melo


*****


terça-feira, 18 de janeiro de 2011

Frases!!!

"Duas coisas projetam o homem acima das coisas mundanas: a simplicidade e a pureza. A primeira busca Deus; a segunda O encontra e Nele se rejubila."

Tomás de Kempis

domingo, 16 de janeiro de 2011

Hoje é tempo de ser Feliz..!!


A vida é fruto da decisão de cada momento. Talvez seja por isso, que a idéia de plantio seja tão reveladora sobre a arte de viver. Viver é plantar. É atitude de constante semeadura, de deixar cair na terra de nossa existência as mais diversas formas de sementes.

Cada escolha, por menor que seja, é uma forma de semente que lançamos sobre o canteiro que somos. Um dia, tudo o que agora silenciosamente plantamos, ou deixamos plantar em nós, será plantação que poderá ser vista de longe...

Para cada dia, o seu empenho. A sabedoria bíblica nos confirma isso, quando nos diz que "debaixo do céu há um tempo para cada coisa!"

Hoje, neste tempo que é seu, o futuro está sendo plantado. As escolhas que você procura, os amigos que você cultiva, as leituras que você faz, os valores que você abraça, os amores que você ama, tudo será determinante para a colheita futura.

Felicidade talvez seja isso: alegria de recolher da terra que somos, frutos que sejam agradáveis aos olhos! Infelicidade, talvez seja o contrário.

O que não podemos perder de vista é que a vida não é real fora do cultivo. Sempre é tempo de lançar sementes... Sempre é tempo de recolher frutos. Tudo ao mesmo tempo. Sementes de ontem, frutos de hoje, Sementes de hoje, frutos de amanhã!

Por isso, não perca de vista o que você anda escolhendo para deixar cair na sua terra. Cuidado com os semeadores que não lhe amam. Eles têm o poder de estragar o resultado de muitas coisas.

Cuidado com os semeadores que você não conhece. Há muita maldade escondida em sorrisos sedutores...

Cuidado com aqueles que deixam cair qualquer coisa sobre você, afinal, você merece muito mais que qualquer coisa.

Cuidado com os amores passageiros... eles costumam deixar marcas dolorosas que não passam...

Cuidado com os invasores do seu corpo... eles não costumam voltar para ajudar a consertar a desordem...

Cuidado com os olhares de quem não sabe lhe amar... eles costumam lhe fazer esquecer que você vale à pena...

Cuidado com as palavras mentirosas que esparramam por aí... elas costumam estragar o nosso referencial da verdade...

Cuidado com as vozes que insistem em lhe recordar os seus defeitos... elas costumam prejudicar a sua visão sobre si mesmo.

Não tenha medo de se olhar no espelho. É nessa cara safada que você tem, que Deus resolveu expressar mais uma vez, o amor que Ele tem pelo mundo.

Não desanime de você, ainda que a colheita de hoje não seja muito feliz.

Não coloque um ponto final nas suas esperanças. Ainda há muito o que fazer, ainda há muito o que plantar, e o que amar nessa vida.

Ao invés de ficar parado no que você fez de errado, olhe para frente, e veja o que ainda pode ser feito...

A vida ainda não terminou. E já dizia o poeta "que os sonhos não envelhecem..."

Vai em frente. Sorriso no rosto e firmeza nas decisões.

Deus resolveu reformar o mundo, e escolheu o seu coração para iniciar a reforma.

Isso prova que Ele ainda acredita em você. E se Ele ainda acredita, quem sou eu pra duvidar... (?)

Padre Fábio de Melo


******

sexta-feira, 14 de janeiro de 2011

O Caminho da Vida


O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos.

A cobiça envenou a alma dos homens, levantou no mundo as muralhas do ódio, e tem-nos feito marchar a passos de ganso para a miséria e morticínios.

Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria.

Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco.

Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido.

(O Último discurso, do filme O Grande Ditador) - Charles Chaplin


******


terça-feira, 11 de janeiro de 2011

Céu e Inferno íntimos...


Conta-se que um dia um samurai, grande e forte, conhecido pela sua índole violenta, foi procurar um sábio monge em busca de respostas para suas dúvidas.

- Monge, disse o samurai com desejo sincero de aprender, ensina-me sobre o céu e o inferno.

O monge, de pequena estatura e muito franzino, olhou para o bravo guerreiro e, simulando desprezo, lhe disse:

- Eu não poderia ensinar-lhe coisa alguma, você está imundo. Seu mau cheiro é insuportável.

- Ademais, a lâmina da sua espada está enferrujada. Você é uma vergonha para a sua classe.

O samurai ficou enfurecido. O sangue lhe subiu ao rosto e ele não conseguiu dizer nenhuma palavra, tamanha era sua raiva.

Empunhou a espada, ergueu-a sobre a cabeça e se preparou para decapitar o monge.

- "Aí começa o inferno", disse-lhe o sábio mansamente.

O samurai ficou imóvel. A sabedoria daquele pequeno homem o impressionara. Afinal, arriscou a própria vida para lhe ensinar sobre o inferno.

O bravo guerreiro abaixou lentamente a espada e agradeceu ao monge pelo valioso ensinamento. O velho sábio continuou em silencio.

Passado algum tempo o samurai, já com a intimidade pacificada, pediu humildemente ao monge que lhe perdoasse o gesto infeliz.

Percebendo que seu pedido era sincero, o monge lhe falou:

- "Aí começa o céu".

Para nós, resta a importante lição sobre o céu e o inferno que podemos construir na própria intimidade.

Tanto o céu quanto o inferno, são estados de alma que nós próprios elegemos no nosso dia-a-dia.

A cada instante somos convidados a tomar decisões que definirão o início do céu ou o começo do inferno.

É como se todos fôssemos portadores de uma caixa invisível, onde houvesse ferramentas e materiais de primeiros socorros.

Diante de uma situação inesperada, podemos abri-la e lançar mão de qualquer objeto do seu interior.

Assim, quando alguém nos ofende, podemos erguer o martelo da ira ou usar o bálsamo da tolerância.

Visitados pela calúnia, podemos usar o machado do revide ou a gaze da autoconfiança.

Quando injúria bater em nossa porta, podemos usar o aguilhão da vingança ou o óleo do perdão.

Diante da enfermidade inesperada, podemos lançar mão do ácido dissolvente da revolta ou empunhar o escudo da confiança.

Ante a partida de um ente querido, nos braços da morte inevitável, podemos optar pelo punhal do desespero ou pela chave da resignação.

Enfim, surpreendidos pelas mais diversas e infelizes situações, poderemos sempre optar por abrir abismos de incompreensão ou estender a ponte do diálogo que nos possibilite uma solução feliz.

A decisão depende sempre de nós mesmos.

Somente da nossa vontade dependerá o nosso estado íntimo.

Portanto, criar céus ou infernos portas à dentro da nossa alma, é algo que ninguém poderá fazer por nós.

Pense nisso!


domingo, 9 de janeiro de 2011

A Graça....


"...Eu crio um bem incrível a partir de tragédias indescritíveis, mas isso não significa que as orquestre. Nunca pense que o fato de Eu usar algo para um bem maior significa que Eu o provoquei ou que preciso dele para realizar meus propósitos. Essa crença só vai levá-lo a idéias falsas a meu respeito. A graça não depende da existência do sofrimento, mas onde há sofrimento você encontrará a graça de inúmeras maneiras..."

Trecho do Livro A Cabana


terça-feira, 4 de janeiro de 2011

Stenio Marcius - E Se


Stenio Marcius - E Se

A figueira não floresce
Não há fruto na videira
O produto da oliveira mente
Rios, campos não produzem
O curral está vazio
O aprisco está deserto
Tudo isso se passando
E o profeta mesmo assim vai se alegrando em Deus

Mas e se fosse comigo
Pra quê mesmo que eu vivo
Onde está minha alegria?
E se a dor for minha sina
Será que ainda faço rima
Canto alegre a melodia?
E se eu perdesse tudo
Será que contudo me alegraria em Deus?

Eu quero ser, não quero ter
Eu quero crer, não quero ver
Que minha alegria seja tão somente me lembrar de Ti, meu Deus!
Viver e só de Ti viver
Morrer ansioso por te ver
É minha oração
É assim que eu queria ser


Canção para alma... para meditação...
Desejo uma semana abençoada a todos...

Gisele Mulek
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...