.
Aqui… com doçura, com paixão e alegria, vida, sorrisos, sucesso e amor; Sabedoria, esperança, caridade e diferenças; Saudades, liberdade, dúvidas e certezas; Entre amigos ou família, quem sabe outras crenças, dias de sol ou de chuva, sem frescuras… dividimos…"segredos".


○○○○○

terça-feira, 26 de outubro de 2010

Eleições... Reta Final!!!


Chegamos a reta final deste processo eleitoral 2010. E gostaria de encerrar aqui a minha participação neste processo democrático. Respeito todas as demais opiniões, afinal "cada cabeça uma sentença", mais neste espaço democrático, eu não poderia deixar de dar a minha opinião.

Confesso que a enxurrada de e-mails das mais variadas linhas inclusive “evangélicas” onde a candidata do PT aparece quase como “a filha do Demônio”, enche a paciência, mas também me fez pensar muito sobre que tipo de presidente gostaria de ver no poder.

Afirmo aqui: Não voto em Dilma Rousseff! Não voto PT! Não vejo sustentabilidade neste partido e não vejo essa candidata preparada politicamente para cargo de tão grande responsabilidade, pois creio que será uma marionete nas mãos da ala podre do PT (aquela que teve que sair de cena por causa do mensalão).

Entendo que tudo é um processo, e se hoje o governo Lula alcançou êxito em algumas áreas, foi porque lá trás alguém teve uma visão maior, encarou obstáculos e brindou o Brasil com o plano real, com uma moeda forte; sim foram tempos difíceis, comparando com o que temos hoje, alguns podem até dizer: nossa FHC não fez nada, mais ele fez o que pode com a política que herdou, e foi além.

Presidente Lula tem seus méritos, mais ele herdou um país que caminhava para evolução. Eu me lembro bem como vivíamos antes do plano real, antes das reformas econômicas, antes da estabilização da moeda, ou seja, antes da era FHC. Pois se hoje podemos comprar com mais facilidade alguns bens, se hoje temos juros mais baixos e podemos desfrutar de parcelamentos a perder de vista, se hoje não precisamos levantar de madrugada para ir para a fila do leite; se um produto tem o mesmo preço hoje, amanhã e daqui a um mês, é graças ao plano real que estancou o processo inflacionário e estabilizou a moeda, e não ao Presidente Lula.

E é obvio que se a economia vai bem, o governo tem dinheiro para investir em todos os demais ministérios. Mas é incontestável o reconhecimento dos reflexos do plano real na economia atual. Incontestável é a importância do ex-Presidente FHC neste processo.

Portanto, sem medo, posso dizer que admiro e respeito o estadista Fernando Henrique Cardoso, e não sinto orgulho nenhum em ver o meu Presidente se orgulhar de não ter estudo. Eu sinto vergonha. Porque eu como mera cidadã não consigo emprego se não tiver uma escolaridade compatível, e muitos sabem disso. Por isso reafirmo “Não voto no PT” vai contra meus princípios.

Finalmente digo que o presidente que gostaria de ver no poder é aquele que defenda seu povo acima de qualquer interesse pessoal fazendo jus à grande nação que é este Brasil, que se utilize de honestidade, de princípios da moral e da ética, que valorize a classe trabalhadora, que promova políticas de segurança, saúde, habitação, educação que englobe a todos e não apenas uma minoria, que defenda a manutenção de políticas públicas que promovam a erradicação da pobreza e a maior igualdade entre todos os brasileiros; que não se corrompa com o poder mais que lute com bravura para fazer cada cidadão se orgulhar de ser brasileiro.

"Tudo que é preciso para o triunfo do mal é que as pessoas de bem nada façam."(Edmund Burke)

Pense nisso, vote consciente!!
.
.
Gisele Mulek

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...